Ano 2012 - Volume 32, Número 10


Título
Transferência de imunidade passiva e proteinograma sérico de bezerros das raças Crioula lageana e Holandesa preta e branca nos primeiros seis meses de vida, 32(10):980-986
Autores

Resumo
RESUMO.- Teixeira W.T., Fonteque G.V., Ramos A.F., Mariante A.S., Egito A.A., Martins V.M.V., Saito M.E. & Fonteque J.H. 2012. Transfer of passive immunity and serum proteinogram in the first six months of life of Criollo Lageano and Black and White Holstein calves. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(10):980-986. Departamento de Medicina Veterinária, Centro de Ciências Agroveterinárias, Universidade do Estado de Santa Catarina, Av. Luiz de Camões 2090, Lages, SC 88520-000, Brazil. E-mail: fonteque@hotmail.com

O objetivo do presente trabalho foi verificar e comparar a transferência de imunidade passiva e o proteinograma em bezerros da raça Crioula Lageana (CL) e Holandesa Preta e Branca (HPB). Foram utilizados dois grupos sendo 13 bezerros da raça Crioula Lageana e 10 da raça HPB. Amostras de sangue foram colhidas para a mensuração da proteína sérica total, eletroforese das proteínas séricas, atividade da gama-glutamiltransferase e concentração de IgG pelo método de turvação pelo sulfato de zinco nos períodos entre 24 e 36 horas de vida, 15, 30, 60, 90, 120, 150 e 180 dias. A análise estatística foi realizada pelo teste de ANOVA e Tukey ao nível de 5% de significância, e correlações entre as variáveis. As variações das proteínas séricas obedeceram a um padrão de comportamento fisiológico ao longo dos seis primeiros meses de vida e a produção ativa de imunoglobulinas foi mais precoce nos bezerros da raça Holandesa e mais lenta nos da raça Crioula Lageana, sem provocar qualquer impacto sobre a saúde dos mesmos. A gamaglobulina no primeiro dia de vida (24-36h) correlacionou-se com a IgG (r=0,87 CL e r=0,89 HPB), PTS (r=0,91 CL e r=0,92 HPB), Glob (r=0,99 CL e r=0,98) e GGT (r=0,14 CL e r=0,83 HPB). Conclui-se que não houve falha na transferência de imunidade passiva nos bezerros da raça Crioula Lageana e falha na raça Holandesa Preta e Branca. Os valores de IgG estimados pelo método da turvação pelo sulfato de zinco e das proteínas séricas foram bons indicadores da transferência de imunidade passiva nos bezerros entre 24 e 36 horas de vida.
Download / Visualização