Ano 2012 - Volume 32, Número 10


Título
Soroprevalência e fatores de risco associados à infecção por Neospora caninum em bovinos leiteiros no Estado de Alagoas, 32(10):1009-1013
Autores

Resumo
RESUMO.- Souza M.E., Porto W.J.N., Albuquerque P.P.F., Souza Neto O.L., Faria E.B., Pinheiro Júnior J.W. & Mota R.A. 2012. Seroprevalence and risk factors associated with infection by Neospora caninum of dairy cattle in the state of Alagoas, Brazil. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(10):1009-1013. Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: rinaldo.mota@hotmail.com

Objetivou-se com este estudo investigar a prevalência de anticorpos anti-Neospora caninum em bovinos procedentes de propriedades leiteiras da microrregião Batalha, Estado de Alagoas, Brasil, além de identificar os fatores de risco associados à infecção. Foram coletadas amostras de sangue de 1004 bovinos procedentes de 17 propriedades para investigação sorológica quanto à presença de anticorpos anti-N. caninum através do teste de Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI). Do total das amostras analisadas, 77/1004 (7,67%) foram positivas e 927/1004 (92,33%) foram negativas. A regressão logística identificou que animais de propriedades sem criação consorciada têm risco 6,33 (p<0,001; I.C. 2,89-13,10) vezes maior de infecção do que animais de propriedades onde ocorre esse tipo de criação. Animais de propriedades onde os fetos abortados não são adequadamente enterrados têm risco 3,04 (p<0,001; I.C. 1,64-5,63) vezes maior de infecção do que animais de propriedades onde é feito o destino adequado dos mesmos. A infecção por N. caninum ocorre em bovinos na região estudada. Os fatores identificados neste estudo podem servir como indicadores de risco para que sejam implantadas medidas de controle para evitar a infecção por N. caninum nos rebanhos dessa região.
Download / Visualização