Ano 2013 - Volume 33, Número 11


Título
Caracterização imuno-histoquímica das alterações encefálicas em bovinos com hepatopatia tóxica causada por Senecio sp., 33(11):1325-1331
Autores

Resumo
RESUMO.- Wouters A.T.B., Boabaid F.M., Fredo, G., Wouters F. & Driemeier D. 2013. [Immunohistochemical characterization of bovine brain lesions caused by Senecio sp. ingestion.] Caracterização imuno-histoquímica das alterações encefálicas em bovinos com hepatopatia tóxica causada por Senecio sp. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(11):1325-1331. Setor de Patologia Veterinária, Faculdade de Veterinária, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Av. Bento Gonçalves 9090, Bairro Agronomia, Porto Alegre, RS 91540-000, Brazil. E-mail: angelicawouters@yahoo.com.br

Intoxicação por Senecio spp. é causa importante de doença e morte em bovinos no Rio Grande do Sul e frequentemente cursa com manifestações clínicas neurológicas e alterações histológicas encefálicas. Foi efetuada avaliação histológica em fígado e encéfalo de dez bovinos naturalmente intoxicados por Senecio sp. e foram realizadas as técnicas de histoquímica de ácido periódico de Schiff e de imuno-histoquímica, com emprego dos anticorpos anti-proteína fibrilar ácida (GFAP), anti-proteína S100 e anti-vimentina em amostras de telencéfalo, tronco encefálico e cerebelo. Na histologia do SNC observou-se vacuolização discreta a acentuada em substância branca e/ou junção entre substância branca e cinzenta, caracterizada como degeneração esponjosa. Na avaliação histoquímica e imuno-histoquímica não houve diferenças significativas em relação aos achados em encéfalo de onze bovinos controle, adultos, sem alterações hepáticas e/ou encefálicas, avaliados pelas mesmas técnicas.
Download / Visualização