Ano 2013 - Volume 33, Número 1001


Título
Avaliação do eletrocardiograma em cutias (Dasyprocta primnolopha, Wagler 1831) não-anestesiadas clinicamente saudáveis, 33(Supl.1):8-14
Autores

Resumo
RESUMO.- Diniz A.N., Silva Júnior J.R., Guerra P.C., Barreto-Junior R.A., Almeida H.M., Freire L.D., Ambrósio C.E. & Alves F.R. 2013. Electrocardiogram assessment in non-anaesthetized clinically healthy agouti (Dasyprocta primnolopha, Wagler 1831). [Avaliação do eletrocardiograma em cutias (Dasyprocta primnolopha, Wagler 1831) não-anestesiadas clinicamente saudáveis.] Pesquisa Veterinária Brasileira 33(Supl.1):8-14. Departamento de Morfisiologia Veterinária, Curso de Medicina Veterinária, Universidade Federal do Piauí, Campus Universitário Ministro Petrônio Portella, Bairro Ininga, Teresina, PI 64049-550, Brazil. E-mail: flavioribeiro@ufpi.edu.br

A cutia é uma das espécies mais intensamente caçados em toda a Amazônia e as regiões semi-áridas do nordeste do Brasil. Considerando-se a tendência atual no manejo de animais silvestres em cativeiro, o objetivo deste estudo foi determinar os valores de referência para o coração cutia criadas em cativeiro, com base em avaliações do eletrocardiograma (ECG). Foram selecionadas cutias adultas e sem sinais clínicos de doença cardíaca (n=30). Os animais foram contidos fisicamente e, em seguida, o ECG foi realizado. Medições padronizadas foram tomadas para estabelecer a análise estatística dos dados. Análise do complexo QRS apresentou valores compatíveis com os relatórios pregressos em animais animais de companhia, assim como para os poucos dados disponíveis para outras espécies selvagens e exóticas, com exceção da onda T, que mostrou amplitude semelhante à onda R em todos os animais estudados. Os dados obtidos permitiram a aquisição dos primeiros valores de referência para os traçados de ECG em cutias, contribuindo para uma melhor compreensão eletrofisiologia cardíaca, na identificação de miocardiopatia nesses animais.
Download / Visualização