Ano 2014 - Volume 34, Número 1001


Título
Determinação das concentrações plasmáticas de proteínas e metabólitos de cascavéis em cativeiro, 34(Supl.1):39-42
Autores

Resumo
RESUMO.- Vieira D.S., Rodrigues T.C.S., de Miranda R.L., Cardoso G.F., Guimarães E.C., Brites V.L.C. & Mundim A.V. 2014. [Determination of proteins and metabolites concentrations in plasma of rattlesnakes in captivity.] Determinação das concentrações plasmáticas de proteínas e metabólitos de cascavéis em cativeiro. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(Supl.1):39-42. Laboratório Clínico Veterinário, Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Uberlândia, Av. Mato Grosso 3289, Uberlândia, MG 38405-314, Brasil. E-mail: danivbio@gmail.com

Para determinar as concentrações plasmáticas de proteínas e metabólitos de cascavéis em cativeiro, foram utilizadas 60 serpentes adultas, sendo 30 machos e 30 fêmeas. O sangue foi coletado através de punção do seio venoso paravertebral cervical e armazenado em tubos com heparina. As análises bioquímicas foram processadas colorimetricamente em Analisador Automático de Bioquímica Chemwell (Awareness Technology®, Inc). Foram calculadas as médias e desvios padrão dos seguintes constituintes: proteínas totais, albumina, globulinas, relação albumina/globulinas, ácido úrico, creatinina, ureia, colesterol, colesterol HDL e triglicérides. Os valores obtidos foram semelhantes aos descritos na literatura para repteis e serpentes, sendo as diferenças observadas provavelmente decorrentes da diferença entre espécies, clima, estação do ano e metodologia utilizada. Não houve diferenças significativas entre machos e fêmeas para os parâmetros estudados. Estes resultados podem ser úteis no estabelecimento de valores de referência para planos de conservação destes ofídios em cativeiro.
Download / Visualização