Ano 2015 - Volume 35, Número 7


Título
Ação trófica de aditivos fitogênicos, glutamina e ácido glutâmico sobre a Bursa de Fabrícius e intestino delgado de frangos de corte,
Autores

Resumo
RESUMO.- Pelícia V.C., Ducatti C., Araujo P.C., Stradiotti A.C., Aoyagi M.M., Fernandes B.S., Silva E.T. & Sartori J.R. 2015. [Trophic action of phytogenic additives, glutamine and glutamic acid on Bursa Fabricii and small intestine of broilers.] Ação trófica de aditivos fitogênicos, glutamina e ácido glutâmico sobre a Bursa de Fabrícius e intestino delgado de frangos de corte. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(7):691-699. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Distrito de Rubião Júnior s/n, Botucatu, SP 18618-970, Brazil. E-mail: vcpelicia@yahoo.com.br

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito dos aditivos fitogênicos e da glutamina mais ácido glutâmico, associados ou não, sobre a histomorfometria da Bursa de Fabricius e intestino delgado, sobre contagem de oocistos e escores de lesão e sobre o turnover do carbono da mucosa intestinal de frangos de corte experimentalmente infectadas com Eimeria acervulina. Para isso foram utilizados 450 pintos de corte machos distribuídos em delineamento inteiramente casualisado, com seis tratamentos e três repetições. Os tratamentos consistiram de dieta controle (DC); DC + Vacina de coccidiose; DC + antibióticos melhoradores de desempenho e anticoccidiano (AMD/AC); DC + glutamina e ácido glutâmico (Gln/Glu); DC + sditivos fitogênicos (AFs); DC + Gln/Glu + AFs. As aves do tratamento DC + Vacina foram vacinadas via água de bebida, aos três dias de idade, contra coccidiose. Aos 16 dias de idade todas as aves de todos os tratamentos foram inoculadas oralmente e individualmente com 500.000 oocistos de Eimeria acervulina. Não houve efeito dos tratamentos para escore de lesão no epitélio intestinal das aves. O menor número de oocistos excretados foi observado nos grupos de aves alimentadas com dieta contendo AMD/AC e AFs. Foram observados melhores resultados para altura das vilosidades e profundidade das criptas do duodeno e ílio das aves dos tratamentos contendo Gln/Glu, aos 7 dias de idade e Gln/Glu e AFs aos 21 dias de idade. Maior porcentagem de área cortical dos folículos bursais foi observada em aves alimentadas com dieta suplementada com Gln/Glu e AFs aos 7, 14 e 21 dias de idade. Maior turnover da mucosa intestinal foi observada em aves dos tratamentos contendo Gln/Glu, indicando aceleração do desenvolvimento e regeneração do tecido lesado. Glutamina mais ácido glutâmico e aditivos fitogênicos podem oferecer melhorias à estrutura e, consequentemente, à função do intestino, bem como melhores condições para resposta imune frente à desafios infecciosos. Aditivos fitogênicos podem ser utilizados no controle da coccidiose em criações de frangos de corte onde é proibida a utilização de antibióticos melhoradores de desempenho e anticoccidianos.
Download / Visualização