Ano 2016 - Volume 36, Número 4


Título
Análise morfométrica da parede intestinal e dinâmica de mucinas secretadas no jejuno de frangos suplementados com probiótico Bacillus subtilis cepa C3102, 36(4):312-316
Autores

Resumo
RESUMO.- Rocha P.M.C., Barros M.E.G. & Evêncio-Neto J. 2016. [Morphometric analysis of the intestinal wall and the dynamic of mucins secreted in the jejunum of broilers supplemented with Bacillus subtilis strain C3102.] Análise morfométrica da parede intestinal e dinâmica de mucinas secretadas no jejuno de frangos suplementados com probiótico Bacillus subtilis cepa C3102. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(4):312-316. Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: evencioneto@pq.cnpq.br

O objetivo deste estudo foi analisar a morfometria da parede intestinal e a dinâmica de mucinas secretadas no jejuno de frangos de corte suplementadas com probiótico Bacillus subtilis cepa C3102. Foram utilizados 720 pintinhos com um dia de vida, divididos em dois grupos: GA (Grupo controle) - aves alimentadas com ração sem suplementação de Bacillus subtilis cepa C3102 (1º ao 35º dia) e GB (Grupo tratado) - aves alimentadas com ração com suplementação de Bacillus subtilis cepa C3102 (1º ao 35º dia). Aos 7 e 35 dias 2cm do jejuno foram coletados e submetidos à rotina de processamento histológico. Cortes transversais de 1µm foram corados pela técnica do Alcian Blue (AB) para detecção de sialomucinas (pH 0,5) e sulfomucinas (pH 2,5), como também para contagem de células caliciformes presentes. A análise histoquímica revelou uma maior quantidade de sialomucinas presentes no jejuno dos animais que foram suplementados com probiótico Bacillus subtilis cepa C3102 (GB), quando comparados com os animais do grupo controle (GA). O número de células caliciformes presentes no grupo tratado (GB) foi superior ao grupo controle (GA).
Download / Visualização