Ano 2016 - Volume 36, Número 9


Título
Atividade antisséptica do óleo essencial de Lippia origanoides Cham. (Alecrim-pimenta) na presença de leite bovino, 36(9):905-911
Autores

Resumo
RESUMO.- Almeida A.C., Morão R.P., Martins E.R., Fonseca F.S.A., Souza C.N., Prates J.P.B., Oliveira F.D. & Silva L.M.V. 2016. [Antiseptic activity of the essential oil of Lippia origanoides in the presence of bovine milk.] Atividade antisséptica do óleo essencial de Lippia origanoides Cham. (Alecrim-pimenta) na presença de leite bovino. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(9):905-911. Universidade Federal de Minas Gerais, Campus Montes Claros, Av. Universitária 1000, Montes Claros, MG 39404-547, Brazil. E-mail: aca2006@ica.ufmg.br

Objetivou-se determinar atividade antisséptica do óleo essencial de Lippia origanoides na presença de leite bovino. A composição química do óleo essencial de alecrim pimenta foi determinada por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas (CG-EM), sendo detectados 53 compostos, dos quais 16 foram identificados (>0,1% área total). O carvacrol (32,7%), p-cimeno (23%), timilmetil éter, cariofileno (7,98%) e o γ-terpineno (5,40%) foram os componentes mais abundantes. A concentração inibitória mínima para Staphylococcus aureus ATCC 25923 e E. coli ATCC 8739 foi de 60µL/mL, enquanto para Salmonella Choleraesuis ATCC 35640 foi de 90µL/mL. A concentração bactericida mínima foi de 120µL/mL para as três bactérias. Avaliou-se a atividade antisséptica do óleo essencial na concentração de 120µL/mL na presença de leite bovino sobre as mesmas cepas bacterianas. O óleo em estudo apresentou efeito inibitório do crescimento das cepas em diferentes tempos de ação (p<0,05). S. aureus apresentou maiores índices de inibição após 5 min de contato e Escherichia coli e Salmonella Choleraesuis após 15 min. O óleo essencial de alecrim-pimenta revelou ser um potencial antimicrobiano natural, mesmo na presença de matéria orgânica constituída de uma matriz nutricional complexa que é o leite bovino.
Download / Visualização