Ano 2016 - Volume 36, Número 10


Título
Acidúria L2-hidroxiglutárica: circulação do gene em cães da raça Staffordshire Bull Terrier no Brasil (2008-2015), 36(10):1021-1024
Autores

Resumo
RESUMO.- Baraúna Júnior D., Santos C.R.O., Albinati A.C.L., Monteiro F.G.C. & Tudury E.A. 2016. [L2-hydroxyglutaric aciduria: circulation of the gene in Staffordshire Bull Terrier dogs in Brazil (2008-2015).] Acidúria L2-hidroxiglutárica: circulação do gene em cães da raça Staffordshire Bull Terrier no Brasil (2008-2015). Pesquisa Veterinária Brasileira 36(10):1021-1024. Universidade Federal do Vale do São Francisco, Campus Ciências Agrárias, BR-407 Km 12, Lote 543, Distrito de Irrigação Senador Nilo Coelho, Zona Rural, Petrolina, PE 56300-990, Brasil. E-mail: durvalbarauna@hotmail.com

O objetivo do trabalho foi identificar a presença no Brasil do gene mutante L2HGDH em cães da raça Staffordshire Bull Terrier (SBT). Para tanto foi feito o teste genético em 76 cães provenientes de diferentes regiões do Brasil, no período de 2008 a 2015, sendo encontrados 55 animais (72,37%) livres do gene mutante L2-HGDH ou homozigotos dominantes, e 21(27,63%) portadores do gene mutante ou heterozigotos. Não foi encontrado nenhum animal homozigoto recessivo (afetado), porém pode-se observar que o gene circula no Brasil e que cães afetados podem aparecer.
Download / Visualização