Ano 2017 - Volume 37, Número 11


Título
Surto de doença da dilatação proventricular em araras-canindé (Ara ararauna) no estado de Santa Catarina, sul do Brasil, 7(11):1331-1335
Autores

Resumo
RESUMO.- Araujo J.L., Cristo T.G., Morais R.M., Costa L.S., Biezus G., Müller T.R., Rech R.R. & Casagrande R.A. 2017. Proventricular dilatation disease (PDD) outbreak in blue-and-gold macaws (Ara ararauna) in the State of Santa Catarina, southern Brazil. [Surto de doença da dilatação proventricular em araras-canindé (Ara ararauna) no estado de Santa Catarina, sul do Brasil.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(11):1331-1335. Laboratório de Patologia Animal, Centro de Ciências Agroveterinárias, Universidade do Estado de Santa Catarina, Av. Luís de Camões, 2090, Conta Dinheiro, Lages, SC 88520-000, Brazil. E-mail: renata.casagrande@udesc.br

A doença da dilatação proventricular (PDD) e uma importante e fatal doença de psitacídeos de cativeiro, que afeta uma grande variedade de espécies e não tem um tratamento efetivo até o momento. Este relato descreve PDD em três araras canindé (Ara ararauna) no sul do Brasil. Todas as três araras eram provenientes do mesmo criatório e apresentaram sinais clínicos semelhantes incluindo anorexia, apatia, emaciação e prostração. Na necropsia, uma das araras apresentou proventrículo dilatado. No exame histopatológico, infiltrados linfoplasmacitários foram observados em gânglios e nervos do esôfago, inglúvio, proventrículo, moela, coração, glândulas adrenais e rins de todos os casos. Adicionalmente, meningoencefalomielite foi observada em duas araras e miocardite em uma. A imuno-histoquímica identificou antígenos de PaBV no encéfalo, coração, proventrículo e moela de todos os casos.
Download / Visualização