Ano 2010 - Volume 30, Número 1


Título
Sinais nervosos agudos e crônicos em bovinos na Argentina associados à intoxicação por Phalaris angusta, 30(1):63-66
Autores

Resumo
RESUMO.- Cantón G., Campero C., Villa M. & Odriozola E. 2010. Acute and chronic nervous signs in cattle associated with Phalaris angusta poisoning in Argentina. [Sinais nervosos agudos e crônicos em bovinos na Argentina associados à intoxicação por Phalaris angusta.] Pesquisa Veterinária Brasileira 30(1):63-66. INTA EEA Balcarce, CC 276, (7620) Balcarce, Argentina. E-mail: gcanton@balcarce.inta.gov.ar

Phalaris angusta é uma gramínea originária da América do Sul, que causa intoxicação em ovinos e bovinos na Argentina e Brasil. A intoxicação pode ocasionar quadros nervosos agudos ou crônicos, independentes um do outro. O objetivo deste trabalho é descrever ambos os quadros (agudo e crônico) da intoxicação por Phalaris em um rebanho de 980 garrotes em engorda na província de Buenos Aires. Em setembro de 2006, 53 animais desenvolveram sinais nervosos e morreram após um curso clínico de 3-5 dias. O rebanho foi trocado para uma pastagem sem Phalaris. Em dezembro, alguns animais apresentaram diarréia, depressão e perda progressiva de peso. Quando eram forçados a se movimentar, os sinais progrediam para incoordenação dos membros torácicos, impossibilidade de se manter em pé e decúbito lateral. Havia perda de peso e os animais morriam após um curso clínico de 5-7 dias. Não foram observadas lesões macroscópicas nem histológicas nos animais com as duas formas da doença. Os sinais clínicos observados são semelhantes aos observados em outros surtos de intoxicação aguda ou crônica por Phalaris angusta.
Download / Visualização