Ano 2010 - Volume 30, Número 7


Título
Efeito do acetato de medroxi-progesterona sobre o crescimento filicular e expressão endometrial de ciclooxigenase-2 (COX-2) durante o ciclo estral de bovinos, 30(7):581-585
Autores

Resumo
RESUMO.- Portela V.M., Farias A.M., Moraes J.C.F., Gonçalves P.B.D., Veiga A P.M. & Oliveira J.F. 2010. Effect of medroxy-progesterone acetate on follicular growth and endometrial cycloxygenase-2 (COX-2) expression during the bovine estrous cycle. [Efeito do acetato de medroxi-progesterona sobre o crescimento filicular e expressão endometrial de ciclooxigenase-2 (COX-2) durante o ciclo estral de bovinos.] Pesquisa Veterinária Brasileira 30(7):581-585. Laboratório de Biotecnologia e Reproducão Animal, Universidade Federal de Santa Maria, Av. Roraima s/n, Santa Maria, RS 97105-900, Brazil. E-mail: valerio.portela@gmail.com

Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito do acetato de medroxi-progesterona (MAP) com ou sem benzoato de estradiol (BE) sobre o crescimento folicular durante o ciclo estral bovino. No primeiro experimento, vacas da raça Hereford foram sincronizadas com um análogo sintético de PGF2á e tratadas com duas doses diferentes de MAP (250 ou 500mg), com ou sem EB, durante 7 dias, iniciando-se no oitavo dia do ciclo estral. Observou-se uma inibição do crescimento folicular (P<0,05) em todas as vacas, exceto no grupo controle e no grupo que recebeu 250mg de MAP sem BE. Os 75% dos animais não exibiu estro no momento da remoção do MAP, mas sim nos dias 21 e 22 do ciclo, demonstrando que os tratamentos não induziram cio. Para se determinar se o tratamento com BE alterou a sensibilidade endometrial à ocitocina e, assim, a cascata luteolítica, vacas multíparas pré-sincronizadas receberam 5mg de BE, seguidos, após 6 horas, de 50 UI de ocitocina (OT; n=9). Oito horas após a administração de BE, colheram-se fragmentos endometriais das vacas, nos dias 4, 13 e 17 do ciclo estral, mensurando-se a expressão gênica de COX-2 através de PCR. O BE aumentou os níveis de RNAm de COX-2 apenas no dia 17 do ciclo estral (P<0,05). Em conclusão, o MAP isolado ou associado a BE é capaz de suprimir o crescimento folicular bovino. Entretanto, o BE, na presença de MAP é ineficaz na indução da luteólise bovina, quando injetado no oitavo dia do ciclo estral.
Download / Visualização