Ano 2012 - Volume 32, Número 3


Título
Isolamento e detecção molecular de Leptospira spp. em ovinos brasileiros abatidos, 32(3):194-198
Autores

Resumo
RESUMO.- Da Silva R.C., Costa V.M., Shimabukuro F.H., Richini-Pereira V.B., Menozzi B.D. & Langoni H. 2012. [Leptospira spp. isolation and molecular detection in Brazilian slaughtered sheep flocks.] Pesquisa Veterinária Brasileira 32(3):194-198. Departamento de Higiene Veterinária e Saúde Pública, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Campus de Botucatu, Distrito de Rubião Júnior s/n, Botucatu, SP 18618-970, Brazil. E-mail: silva_rcd@yahoo.com.br

[Isolamento e detecção molecular de Leptospira spp. em ovinos brasileiros abatidos.] A leptospirose é uma antropozoonose mundialmente distribuída que infecta animais de produção, incluindo as ovelhas como carreadores para outros animais e o homem. O presente estudo objetivou determinar a prevalência de Leptospira spp. em ovinos de dois abatedouros do estado de São Paulo e sua associação com algumas variáveis epidemiológicas estudadas. Amostras de soro de 182 ovinos foram pesquisadas para a presença de anticorpos para Leptospira spp. pela soroaglutinação microscópica (SAM). Os resultados indicaram 34/182 (18,68%; IC95% 13,70-24,98%) amostras positivas, principalmente para o sorovar Copenhageni (17/34; 50%; IC95% 33,99-66,01%). Crescimento bacteriano no meio de Fletcher foi observado em amostras de 13/34 (38,24%; CI95% 23.87-55.08%) animais, e confirmados pela Reação em Cadeia pela Polimerase (PCR) e seqüenciamento para somente duas amostras renais de dois animais. Assim, o tratamento e vacinação dos ovinos, além do controle de roedores, pode ser útil na prevenção da infecção na região estudada, visto que os ovinos são importantes carreadores de Leptospira spp. para o homem, e sua transmissão aos trabalhadores de abatedouros ocorre principalmente pela manipulação das vísceras.
Download / Visualização