Ano 2012 - Volume 32, Número 4


Título
Estimação dos parâmetros e uso do teste do interferon gama para o diagnóstico da tuberculose bovina no Brasil, 32(4):279-283
Autores

Resumo
RESUMO.- Lopes L.B., Alves T.M., Stynen A.P.R., Mota P.M.P.C., Leite R.C. & Lage A.P. 2012. Parameter estimation and use of gamma interferon assay for the diagnosis of bovine tuberculosis in Brazil. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(4):279-283. Embrapa Agrossilvipastoril, Rodovia MT 222, km 2,5, Caixa Postal 343, Sinop, MT 78.550-970, Brazil. E-mail: luciano.lopes@embrapa.br

O presente estudo avalia a interferência do teste de tuberculinização no teste do interferon gama (INFg), estima a sensibilidade e a especificidade do INFg em condições brasileiras e simula a utilização dos testes múltiplos usando a tuberculinização comparada e o teste do INFg. Trezentos e cinquenta animais oriundos de dois rebanhos livres e dois rebanhos positivos foram submetidos à tuberculinização comparada e ao teste de INFg. A tuberculinização comparada foi realizada utilizando PPD aviária e bovina. O teste de INFg foi realizado utilizando o kit Bovigam® (CSL Veterinary, Austrália) de acordo com as especificações do fabricante. A sensibilidade e especificidade do teste de INFg foram calculadas pelo Modelo Bayesiano de Classe Latente. Esses parâmetros foram também estimados para os testes múltiplos. Os resultados do teste de INFg no D0 e D3 após o teste de tuberculinização foram comparados pelos testes estatísticos de McNemar e kappa. Os resultados das médias de densidade ótica do teste de INFg em ambos os dias foram similares. A sensibilidade e a especificidade do teste de INFg apresentaram resultados variando (95% intervalo de confiança) de 72 a 100% e 74 a 100%, respectivamente. A sensibilidade do teste em paralelo foi acima de 97,5% enquanto a especificidade do teste em série foi acima de 99,7%. O teste do INFg provou ser um método de diagnóstico muito útil.
Download / Visualização