Resultado da pesquisa (80)

Termo utilizado na pesquisa cow

#31 - Detection of ‘HoBi’-like (BVDV-3) vírus in a cow in the semiarid of Paraíba, Northeastern Brazil, 36(11):1081-1086

Abstract in English:

ABSTRACT.- Marques A.L.A., Maia L.A., Aguiar G.M.N., Weber M.N., Simões S.V.D. & Azevedo S.S. 2016. [Detection of ‘HoBi’-like (BVDV-3) vírus in a cow in the semiarid of Paraíba, Northeastern Brazil.] Detecção do virus ‘HoBi’-like (BVDV-3) em bovino no semiárido da Paraíba. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(11):1081-1086. Unidade Acadêmica de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Campina Grande, Av. Universitária s/n, Bairro Santa Cecília, Patos, PB 58700-970, Brazil. E-mail: sergio@vps.fmvz.usp.br The aim of this study was to describe the clinical and anatomopathological aspects, and the viral identification of a case of ‘Hobi’-like (BVDV-3) vírus infection in cattle from the semiarid of Paraiba State, Northeastern Brazil. A female bovine, three months old, was sent to the UFCG’s Veterinary Hospital presenting salivation, difficulty of ceiling seizure, lack of appetite, dark feces and in small amounts. Due to worsening of symptoms it was decided to in extremis euthanasia, followed by the necropsy and collection of material for histopathology. Histologically, in the mucous membranes of the digestive tract there were edema, ballooning degeneration, necrosis and inflammatory infiltrate, which was observed on the dorsal surface of the tongue and in its deepest epithelium. The immunohistochemical of skin biopsies of the extremity of the ear (ear notches) showed positive antigenic marking and by RT-PCR it was possible to detect viral RNA of BVDV in the serum, whose cytopathic effect in epithelial cells of bovine kidney lineage “Madin Darby bovine kidney” (MDBK)was not observed. The sequencing of the 5’NCR gene showed that the virus isolated was more related to ‘Hobi’-like (BVDV-3). After confirming the diagnosis serum samples were collected from 23 animals for serology by indirect ELISA, and a seropositivity of 69.6% (16/23) was found. The identification of this new case of ‘Hobi’-like infection in Paraiba reaffirms the need for regular BVDV monitoring in the region to early detection of infection in the herds and adoption of effective preventive and control measures.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Marques A.L.A., Maia L.A., Aguiar G.M.N., Weber M.N., Simões S.V.D. & Azevedo S.S. 2016. [Detection of ‘HoBi’-like (BVDV-3) vírus in a cow in the semiarid of Paraíba, Northeastern Brazil.] Detecção do virus ‘HoBi’-like (BVDV-3) em bovino no semiárido da Paraíba. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(11):1081-1086. Unidade Acadêmica de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Campina Grande, Av. Universitária s/n, Bairro Santa Cecília, Patos, PB 58700-970, Brazil. E-mail: sergio@vps.fmvz.usp.br Objetivou-se descrever os aspectos clínicos e anatomopatológicos, e a identificação viral de um caso de infecção pelo vírus ‘Hobi’-like (BVDV-3) em bovino do semiárido paraibano, Nordeste do Brasil. Um bovino, fêmea, três meses de idade, foi levado ao Hospital Veterinário da UFCG apresentando salivação, dificuldade de apreensão do teto, falta de apetite, fezes escuras e em pouca quantidade. Diante da piora do quadro clínico optou-se por sua eutanásia in extremis, seguida da realização da necropsia e coleta de material para histopatologia. Histologicamente, nas mucosas do trato digestivo, havia edema, degeneração balonosa, necrose e infiltrado inflamatório, que foi observado na face dorsal da língua e no seu epitélio mais profundo. A imunohistoquímica de amostras de extremidade de pavilhão auricular demonstrou marcação antigênica positiva e pela RT-PCR foi possível detectar RNA viral do BVDV no soro sanguíneo, cujo efeito citopático em células epiteliais de rim bovino da linhagem “Madin Darby bovine kidney” (MDBK) não foi observado. O sequenciamento do gene 5’NCR demonstrou que o vírus isolado estaria mais relacionado ao ‘Hobi’-like (BVDV-3). Após a confirmação do diagnóstico foram coletadas amostras de soro dos 23 animais do rebanho para sorologia por ELISA indireto, sendo constatada 69,6% (16/23) de soropositividade. A identificação deste novo caso de infecção por ‘Hobi’-like na Paraíba reafirma a necessidade de um monitoramento regular para BVDV na região para detecção precoce da infecção dos rebanhos e adoção de medidas eficazes de prevenção e controle.


#32 - Unusual caudal vena cava thrombosis in a cow, secondary to Trueperella (Arcanobacterium) pyogenes infection, 36(7):587-590

Abstract in English:

ABSTRACT.- Motta R.G., Motta I.G., Martinez A.C., Da Silva A.V., Paes A.C., Martins L.S.A., Da Silva R.C. & Ribeiro M.G. 2016. Unusual caudal vena cava thrombosis in a cow, secondary to Trueperella (Arcanobacterium) pyogenes infection. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(7):587-590. Departamento de Higiene Veterinária e Saúde Pública, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Campus de Botucatu, Distrito de Rubião Júnior s/n, Botucatu, SP 18618-970, Brazil. E-mail: farturavetufpr@hotmail.com The caudal vena cava thrombosis, or pulmonary thromboembolism, in cattle is correlated with lactic acidosis, caused by diets rich in grains and highly fermentable, associated or not to septic situations, used in feedlots of beef or high-producing dairy cattle. This paper reports an unusual caudal vena cava thrombosis in a cow, secondary to Trueperella (Arcanobacterium) pyogenes infection, resulting in reduced milk production, anorexia, pale mucous membranes, ruminal atony, sternal decubitus and autoauscultation position. The heart was enlarged at necropsy, presence of clots distributed along the thoracic cavity, adherence between lung and pleura, abscesses, emphysema, petechiae, suffusions and ecchymosis in lungs, thickening of the caudal vena cava wall, hepatomegaly with chronic passive congestion (“nutmeg” aspect), and rumenitis. In lab, the actinomycete Trueperella (Arcanobacterium) pyogenes was isolated from liver and lung samples, probably resulting through dissemination of the bacteria of the rumen content, what reaffirms the opportunistic behavior of this actinomycete.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Motta R.G., Motta I.G., Martinez A.C., Da Silva A.V., Paes A.C., Martins L.S.A., Da Silva R.C. & Ribeiro M.G. 2016. Unusual caudal vena cava thrombosis in a cow, secondary to Trueperella (Arcanobacterium) pyogenes infection. [Rara trombose da veia cava caudal em bovino, secundária à infecção por Trueperella (Arcanobacterium) pyogenes.] Pesquisa Veterinária Brasileira 36(7):587-590. Departamento de Higiene Veterinária e Saúde Pública, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Campus de Botucatu, Distrito de Rubião Júnior s/n, Botucatu, SP 18618-970, Brazil. E-mail: farturavetufpr@hotmail.com A síndrome da veia cava caudal ou tromboembolismo pulmonar bovino está relacionada à acidose láctica causada por dietas ricas em grãos e altamente fermentáveis, associados ou não a quadros sépticos, usadas em confinamentos de bovinos de corte ou para vacas leiteiras de alta produção. O presente artigo reporta caso raro de trombose da veia cava caudal em uma vaca, secundária a infecção por Trueperella (Arcanobacterium) pyogenes, apresentando reduzida produção de leite, anorexia, palidez de mucosas, atonia ruminal, decúbito esternal e posição de autoauscultação. À necrópsia observou-se coração aumentado de tamanho, coágulos distribuídos por toda cavidade torácica, aderência entre os pulmões e pleura, abscessos, enfisema, petéquias, sufusões, equimoses nos pulmões, espessamento da parede da veia cava caudal com trombo, hepatomegalia com congestão passiva crônica (aspecto de “noz moscada”), e ruminite. Em laboratório isolou-se o actinomiceto Trueperella (Arcanobacterium) pyogenes a partir de amostras de fígado e pulmão, provavelmente resultando da disseminação da bactéria proveniente do conteúdo ruminal, e reafirma o comportamento oportunista deste actinomiceto.


#33 - Intramammary treatment with gentamicin in lactating cows with clinical and subclinical mastitis, 36(4):283-289

Abstract in English:

ABSTRACT.- Martins T., Rosa A.F., Castelani L., Miranda M.S. de, Arcaro J.R.P. & Pozzi C.R. 2016. Intramammary treatment with gentamicin in lactating cows with clinical and subclinical mastitis. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(4):283-289. Centro Apta Bovinos de Leite, Instituto de Zootecnia, Rua Heitor Penteado 56, Centro, Nova Odessa, SP 13460-000, Brazil. E-mail: martins_thamires@hotmail.com The study evaluated the microbiological profile of milk samples collected before and after mastitis treatment with gentamicin and investigated biofilms production and antimicrobial susceptibility of Staphylococcus spp. isolated. The presence of gentamicin residues in milk after the recommended withdrawal period was also evaluated. Antimicrobial residues were analyzed by Delvotest® SP NT over a period of 12 days beginning after 24 hours the last gentamicin application. Some of Staphylococcus spp. isolates were biofilm producers (19.05%). Staphylococcus spp. showed high levels of resistance to neomycin (16.95%), penicillin G (10.17%), and ampicillin (10.17%). Multidrug resistance to all antibiotics tested was observed in 1.69% of the Staphylococcus spp. isolates. Among 1440 mammary quarter milk samples 24.95% presented gentamicin residues after the withdrawal period. Gentamicin residues were also detected in 3.8% of samples from calibrated glass recorder jar (n=383) 4.1 days after treatment. The indiscriminate use of antibiotics may lead to the emergence of multidrug-resistant strains as well as increasing the risk of presence of residues of these drugs in milk. These problems affect the milk quality and may become a public health problem.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Martins T., Rosa A.F., Castelani L., Miranda M.S. de, Arcaro J.R.P. & Pozzi C.R. 2016. Intramammary treatment with gentamicin in lactating cows with clinical and subclinical mastitis. [Tratamento intramamário com gentamicina em vacas com mastite clínica e subclínica durante a lactação.] Pesquisa Veterinária Brasileira 36(4):283-289. Centro Apta Bovinos de Leite, Instituto de Zootecnia, Rua Heitor Penteado 56, Centro, Nova Odessa, SP 13460-000, Brazil. E-mail: martins_thamires@hotmail.com Este estudo avaliou o perfil microbiológico de amostras de leite colhidas antes e após o tratamento da mastite com gentamicina e investigou a produção de biofilmes e o perfil de susceptibilidade antimicrobiana de Staphylococcus spp. isolados. Avaliou-se também a presença de resíduos de gentamicina no leite após o período de carência recomendado. Resíduos de antimicrobianos foram analisados por Delvotest® SP NT ao longo de um período de 12 dias, iniciando 24 horas após a última aplicação de gentamicina. Alguns dos Staphylococcus spp. isolados apresentaram produção de biofilmes (19,05%). Staphylococcus spp. apresentaram elevados níveis de resistência à neomicina (16,95%), penicilina G (10,17%), e ampicilina (10.17%). Multirresistência a todos os antibióticos testados foi observada em 1,69% dos Staphylococcus spp. isolados. Do total de 1440 amostras de leite de quartos mamários, 24,95% apresentaram resíduos de gentamicina após o período de carência. Resíduos de gentamicina também foram detectados em 3,8% das amostras de balões volumétricos coletores de leite (n= 383), 4,1 dias após o tratamento. O uso indiscriminado de antibióticos pode levar ao aparecimento de estirpes multirresistentes bem como o aumento do risco da presença de resíduos destas drogas no leite. Esses problemas afetam a qualidade do leite e podem tornar-se um problema de saúde pública.


#34 - Productive and reproductive parameters of dairy cows in free stall, 36(1):55-61

Abstract in English:

ABSTRACT.- Villadiego F.A.C., Pereira J.V., Guimarães J.D., Costa E.P., Marcondes M.I., Leon V.E.G., Maitan P.P. & Nogueira A.R. 2016. [Productive and reproductive parameters of dairy cows in free stall.] Parâmetros reprodutivos e produtivos em vacas leiteira de manejo free stall. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(1):55-61. Setor de Reprodução e Produção Animal, Universidade Federal de Viçosa, Av. Peter Henry Rolfs s/n, Campus Universitário, Viçosa, MG 36570-000, Brazil. E-mail: faider_cas@hotmaill.com The reproductive and productive parameters in postpartum of 51 primiparous and pluriparous Holstein cows housed in free stall were obtained. The values measured were: body condition score at parturition (3.47±0.4), interval from parturition to first ovulation (5.89±3.4 weeks), interval parturition at first service (112.5±57.0 days), first-service pregnancy rate (43.6%) and during the experimental period (76.4%). No difference was found between parturition order (P>0.05). The accumulated milk production until conception time, daily production until conception time, and adjusted 305-day milk production was respectively 3,335.6±1,488.4; 25.8±5.4 and 7,424.0±1,877.8 liters. In free stall of this study the estrus detection was the most limiting factor to improve the reproductive efficiency.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Villadiego F.A.C., Pereira J.V., Guimarães J.D., Costa E.P., Marcondes M.I., Leon V.E.G., Maitan P.P. & Nogueira A.R. 2016. [Productive and reproductive parameters of dairy cows in free stall.] Parâmetros reprodutivos e produtivos em vacas leiteira de manejo free stall. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(1):55-61. Setor de Reprodução e Produção Animal, Universidade Federal de Viçosa, Av. Peter Henry Rolfs s/n, Campus Universitário, Viçosa, MG 36570-000, Brazil. E-mail: faider_cas@hotmaill.com Avaliou-se parâmetros reprodutivos e produtivos em vacas da raça Holandês-PB no pós-parto imediato, manejadas em free stall. Utilizou-se 51 vacas entre primíparas e pluríparas. Os valores obtidos foram: escore de condição corporal ao parto 3,47±0,4; intervalos do parto à primeira ovulação 5,89±3,4 semanas; ao primeiro serviço 112,5±57,0 dias; a taxa de gestação ao primeiro serviço foi 43,6% e no período experimental 76,4%, não sendo observada diferença para ordens de parto (P>0,05). A produção de leite acumulada à concepção, produção diária leite até a concepção e produção de leite ajustado para 305 foi respectivamente, 3.335,6±1.488,4; 25,8±5,4 e 7.424,0±1.877,8 litros. Conclui-se que no manejo de Free stall, a detecção de estro, foi o principal fator limitante para alcançar melhor eficiência reprodutiva.


#35 - Detection of Brucella abortus in lymph nodes of buffalo cows (Bubalus bubalis) at different stages of pregnancy, 35(12):951-955

Abstract in English:

ABSTRACT.- Sousa M.G.S., Brito M.F., Ubiali D.G., Fonseca Jr A.A., Silva J.B., Belo Reis A.S., Oliveira C.M.C & Barbosa J.D. 2015. [Detection of Brucella abortus in lymph nodes of buffalo cows (Bubalus bubalis) at different stages of pregnancy.] Detecção de Brucella abortus em linfonodos de búfalas (Bubalus bubalis) em diferentes fases da gestação. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(12):951-955. Faculdade de Medicina Veterinária, Instituto de Medicina Veterinária, Campus de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.br The objective of this study was to detect Brucella abortus in lymph nodes of buffaloes as well as to describe the lesions caused. Nineteen buffalo cows in various stages of pregnancy, serologically positive for brucellosis and subjected to culling were used. Fetal age was determined by ultrasound examination and the size of fetuses was measured at necropsy. Fragments of lymph nodes were collected for histopathology and qPCR. The detection of B. abortus DNA in the lymph nodes was checked from the fourth month of pregnancy in seven buffaloes and in a post-calving buffalo. Acute to chronic lymphadenitis was histologically diagnosed. B. abortus DNA was detected in all evaluated groups of lymph nodes; the mammary lymph nodes were the most affected.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Sousa M.G.S., Brito M.F., Ubiali D.G., Fonseca Jr A.A., Silva J.B., Belo Reis A.S., Oliveira C.M.C & Barbosa J.D. 2015. [Detection of Brucella abortus in lymph nodes of buffalo cows (Bubalus bubalis) at different stages of pregnancy.] Detecção de Brucella abortus em linfonodos de búfalas (Bubalus bubalis) em diferentes fases da gestação. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(12):951-955. Faculdade de Medicina Veterinária, Instituto de Medicina Veterinária, Campus de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.br O objetivo do presente trabalho foi verificar a presença do DNA de Brucella abortus e caracterizar as lesões causadas por esse agente em linfonodos de búfalas. Foram utilizadas 19 búfalas em diversos estágios de gestação, sorologicamente positivas para brucelose, submetidas ao abate sanitário, das quais se coletou fragmentos de diversos linfonodos. A idade fetal foi determinada através de exames ultrassonográficos associados à mensuração dos fetos durante a necropsia. Amostras foram coletadas e submetidas à qPCR e histopatologia. A detecção de DNA de B. abortus nos linfonodos das búfalas avaliadas foi verificada a partir do quarto mês de gestação em sete búfalas e em uma búfala pós-parição. Os achados histológicos foram linfadenite aguda a crônica. A presença de DNA de B. abortus foi detectada em todos os grupos de linfonodos avaliados, sendo que os linfonodos mais acometidos foram os mamários.


#36 - Mineral deficiencies in lactating cows from the dairy basin of Rondon do Pará, Brazil, 35(5):409-416

Abstract in English:

ABSTRACT.- Bomjardim H.A., Oliveira C.M.C., Silveira J.A.S., Silva N.S., Duarte M.D., Faial K.C.F., Brito M.F. & Barbosa J.D. 2015. [Mineral deficiencies in lactating cows from the dairy basin of Rondon do Pará, Brazil.] Deficiências minerais em vacas em lactação da bacia leiteira do município de Rondon do Pará, estado do Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(5):409-416. Faculdade de Medicina Veterinária, Instituto de Medicina Veterinária, Campus de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.br A study of mineral deficiencies was performed in lactating cows from dairy herds belonging to 13 farms of Rondon do Pará, state of Pará, Brazil. We determined the levels of phosphorus (P) in the bone and levels of copper (Cu), cobalt (Co), selenium (Se) and zinc (Zn) in the liver of 47 dairy cows in lactation 2. The samples were collected by means of biopsies taken on the top third of the 12th rib of the right side and the caudal edge of the caudate liver lobe, respectively. The herds were composed of crossbred (Holstein x Zebu) cattle, kept in extensive production system on Brachiaria brizantha cv. Marandu pasture and received mineral supplementation. The mineral mixture on 12 farms were commercial type, called “full” and the owners added a quantity of salt above the manufacturer’s recommendations on ten farms. The mineral mixtures were provided in troughs without covering on seven farms and on other eight, providing of the mineral mix was not performed daily. On 11 farms there were clinical histories consistent with mineral deficiencies in livestock, and placenta retention and osteophagia were the most frequently reported ones. The results of chemical analysis showed deficiency of P on five farms, of Co on three farms, of Se on nine farms and of Zn on ten farms. It is concluded that the mineral supplementation performed on the farms do not supply the daily demands of P, Se and Co, based on the estimated daily consumption of 30g of NaCl per animal; the little adequate or inadequate troughs for proper supplementation, as well as inconstant supply of mineral mixtures contribute to the deficiency of one or more minerals.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Bomjardim H.A., Oliveira C.M.C., Silveira J.A.S., Silva N.S., Duarte M.D., Faial K.C.F., Brito M.F. & Barbosa J.D. 2015. [Mineral deficiencies in lactating cows from the dairy basin of Rondon do Pará, Brazil.] Deficiências minerais em vacas em lactação da bacia leiteira do município de Rondon do Pará, estado do Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(5):409-416. Faculdade de Medicina Veterinária, Instituto de Medicina Veterinária, Campus de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.br Realizou-se um estudo das deficiências minerais em vacas em lactação de rebanhos leiteiros pertencentes a 13 propriedades da bacia leiteira do município de Rondon do Pará, estado do Pará. Foram determinados os níveis de fósforo (P) no osso, e os níveis de cobre (Cu), cobalto (Co), selênio (Se) e zinco (Zn) no fígado de 47 vacas leiteiras no 2º terço da lactação. Estas amostras foram coletadas por meio de biópsias realizadas no terço superior da 12ª costela do lado direito e no bordo caudal do lobo caudado do fígado, respectivamente. Os rebanhos eram formados por animais mestiços (Holandes x Zebu), mantidos em sistema de produção extensivo em pastos de Brachiaria brizantha cv Marandu e recebiam suplementação mineral. A mistura mineral em 12 propriedades era do tipo comercial, dita “completa”, acrescida de quantidades de NaCl acima do recomendado pelos fabricantes em dez propriedades. Em sete propriedades as misturas minerais eram fornecidas em cochos sem cobertura e em oito, o fornecimento da mistura mineral não era realizado diariamente. Em 11 propriedades, havia históricos clínicos condizentes com deficiências minerais nos rebanhos. Nessas fazendas a retenção de placenta e a osteofagia foram as alterações mais relatadas. Após as análises minerais observou-se deficiência de P em cinco propriedades, de Co em três propriedades, de Se em nove propriedades e de Zn em dez propriedades. Conclui-se que ocorre a deficiência de P, Co, Se e Zn; a suplementação mineral realizada na maioria das propriedades não atendeu as exigências diárias de P, Se e Co, baseadas no consumo estimado de 30 g de NaCl/animal/dia; os cochos pouco adequados ou inadequados para a suplementação, assim como o fornecimento inconstante das misturas minerais possivelmente contribuíram para a deficiência de um ou mais minerais.


#37 - Serum mineral profile of Girolanda cows during transition period in semi-intensive system in two seasons, 35(3):249-257

Abstract in English:

ABSTRACT.- Moreira T.F., Zambrano J.U., De Paula V.M., Casagrande F.P., Facury Filho E.J., Molina L.R., Leme F.O.P. & Carvalho A.U. 2015. [Serum mineral profile of Girolanda cows during transition period in semi-intensive system in two seasons.] Perfil mineral de vacas mestiças Girolanda no período de transição em sistema semi-intensivo em duas estações do ano. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(3):249-257. Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinárias, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais, Av. Antônio Carlos 6627, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brazil. E-mail: tiago_facury@yahoo.com.br The metabolic profile of dairy cows in the transition period during summer and winter was evaluated. Were used 31 crossbred Holstein/Gir cows at each season, totaling 62 cows. During summer they remained in pasture with supplementation of corn silage and concentrate and in the winter, corn silage and concentrate was offered to furnish the nutritional requirements. A total of 11 blood samples from each animal were taken according to the following protocol: four collections weekly antepartum, at birth and at 2, 5, 10, 15, 21 and 30 days postpartum. Concentrations of calcium, phosphorus and magnesium were evaluated. All analytes varied according to the physiological status. The average concentrations of calcium and magnesium were higher in summer than in winter. In both seasons, the lowest mean calcium concentrations occurred near calving, and 75% of the animals in winter and 35.48% of the animals in the summer were hypocalcemic. Only on the tenth day postpartum, the calcium concentrations returned to levels of prepartum, demonstrating that this time is necessary for the adaptation of the new condition of lactating. Magnesium concentrations were lower postpartum than prepartum in both seasons, demonstrating the need for this mineral for the production of milk. The average concentrations of magnesium remained always within the reference values for the species, but 19% of the animals at two days postpartum in winter and 7% of the animals at 10 days postpartum in summer had concentrations below these limits. Phosphorus concentrations suffered large variation along the peri-partum, but always at high levels, with 49.8% of the animals in winter and 37.3% in summer had phosphorus levels above the reference range of the species.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Moreira T.F., Zambrano J.U., De Paula V.M., Casagrande F.P., Facury Filho E.J., Molina L.R., Leme F.O.P. & Carvalho A.U. 2015. [Serum mineral profile of Girolanda cows during transition period in semi-intensive system in two seasons.] Perfil mineral de vacas mestiças Girolanda no período de transição em sistema semi-intensivo em duas estações do ano. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(3):249-257. Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinárias, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais, Av. Antônio Carlos 6627, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brazil. E-mail: tiago_facury@yahoo.com.br Neste estudo foi avaliado o perfil metabólico de vacas leiteiras no período de transição durante o verão e o inverno. Foram utilizados 31 animais pluríparos mestiços girolando em cada estação, totalizando 62 vacas. No verão permaneciam em pasto com suplementação de silagem de milho e concentrado. No inverno, a exigência nutricional era suprida apenas com silagem de milho e concentrado. Foram feitas um total de 11 coletas de sangue de cada animal segundo o seguinte protocolo: quatro coletas pré-parto espaçadas semanalmente, no dia do parto e com 2, 5, 10, 15, 21 e 30 dias pós-parto. Foram avaliadas as concentrações de cálcio, fósforo e magnésio. Todos os analitos variaram em função do estatus fisiológico. As concentrações médias de cálcio e magnésio foram maiores no verão do que no inverno. Em ambas as estações, as menores concentrações médias de cálcio ocorreram próximas ao parto, sendo que 75% dos animais no inverno e 35,48% dos animais no verão estavam hipocalcêmicos. Apenas no décimo dia as concentrações de cálcio voltaram aos níveis do pré-parto, demonstrando que esse tempo é necessário para a adaptação da nova condição de lactante. As concentrações de magnésio foram menores no pós-parto do que no pré-parto nas duas estações, demonstrando a necessidade desse mineral para a produção de leite. As concentrações médias de magnésio permaneceram sempre dentro dos valores de referência, porém 19% dos animais aos dois dias pós-parto no inverno e 7% dos animais aos 10 dias pós-parto no verão tinham concentrações inferiores a esses limites. As concentrações de fósforo sofreram grande variação ao longo do peri-parto, porém sempre em níveis elevados, sendo que 49,8% dos animais no inverno e 37,3% no verão tinham níveis de fósforo acima dos valores de referência.


#38 - Evaluation of the metabolic profile of Holstein cows during the transition period, 35(3):281-290

Abstract in English:

ABSTRACT.- Alvarenga E.A., Moreira G.H.F.A., Facury Filho E.J., Leme F.O.P., Coelho S.G., Molina L.R., Lima J.A.M. & Carvalho A.U. 2015. [Evaluation of the metabolic profile of Holstein cows during the transition period.] Avaliação do perfil metabólico de vacas da raça Holandesa durante o período de transição. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(3):281-290. Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinárias, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais, Av. Antônio Carlos 6627, Cx. Postal 567, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brazil. E-mail: alvarenga.ea@gmail.com The transition period is a time of great challenge for dairy cows, since most metabolic problems occur at this time and can compromise the entire lactation, resulting in a significant economic loss to commercial farms. This study evaluated the metabolic profile of dairy cows during the transition period. Twelve Holstein cows between three weeks pre-calving until three weeks postpartum was used in this study. They remained in a free-stall system, located in Inhaúma, Minas Gerais, during October to December 2012. The metabolic profile were composed by non-esterified fatty acids (NEFA), beta-hydroxybutyrate (BHBA), cholesterol (COLES), total protein (TP), albumin (ALB), calcium, phosphorus, magnesium as well as the activity serum enzymes aspartate transaminase (AST) and lactate dehydrogenase (LDH). There were differences in serum NEFA and BHBA between prepartum and postpartum (p<0.05). Observed a decrease in the concentration of COLES with the approaching birth with subsequent increase (p<0.05). Serum concentrations of minerals, PT and ALB did not differ (p>0.05). The enzymatic activity of AST and LDH were higher in the postpartum period (p<0.05). The evaluation of the metabolic profile is an important monitoring tool. Changes in the metabolic profile of cows during the transition period are motivated by energetic changing. Cows that were evaluated have a small risk of developing postpartum diseases related to the transition period.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Alvarenga E.A., Moreira G.H.F.A., Facury Filho E.J., Leme F.O.P., Coelho S.G., Molina L.R., Lima J.A.M. & Carvalho A.U. 2015. [Evaluation of the metabolic profile of Holstein cows during the transition period.] Avaliação do perfil metabólico de vacas da raça Holandesa durante o período de transição. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(3):281-290. Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinárias, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais, Av. Antônio Carlos 6627, Cx. Postal 567, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brazil. E-mail: alvarenga.ea@gmail.com O período de transição é um momento de grande desafio para vacas de aptidão leiteira, uma vez que, a maioria dos problemas metabólicos ocorre nesta fase podendo prejudicar toda a expectativa de produção durante a lactação, resultando em impacto econômico significativo para fazendas de produção de leite. Este trabalho teve como objetivo avaliar o perfil metabólico de vacas da raça Holandesa durante o período de transição. Doze vacas Holandesas foram avaliadas, três semanas pré-parto até três semanas pós-parto, em sistema free-stall, localizado em Inhaúma, Minas Gerais, no período de outubro a dezembro de 2012. Avaliou-se o perfil metabólico através da concentração sérica de ácidos graxos não esterificados (AGNE), beta hidroxibutirato (BHBA), colesterol (COLES), proteína total (PT), albumina (ALB), cálcio, fósforo, magnésio bem como a atividade sérica das enzimas aspartato transaminase (AST) e lactato desidrogenase (LDH). As concentrações séricas de AGNE e BHBA foram diferentes entre o pré-parto e pós-parto (p<0,05). Observou-se diminuição na concentração de COLES com a aproximação do parto com posterior aumento (p<0,05). As concentrações séricas dos minerais, PT e ALB não apresentaram diferenças (p>0,05) no período avaliado. A atividade enzimática de AST e LDH foram maiores no período pós-parto (p<0,05). A avaliação do perfil metabólico é uma importante ferramenta de monitoramento e, na situação estudada, demonstrou alterações do perfil energético das vacas entre os períodos pré e pós-parto, relacionadas provavelmente a diminuição da ingestão de alimentos. A luz dos resultados do perfil metabólico, o rebanho avaliado possui pequeno risco para a ocorrência de enfermidades no pós-parto relacionadas ao período de transição.


#39 - Large luteal cell megalocytosis in pregnant cows with chronic seneciosis, 35(1):33-38

Abstract in English:

ABSTRACT.- Krabbe A.A., Gonçalves M.A., Pozzobon R., Pessoa C.R.M., Soares M.P., Costa R.A. & Anjos B.L. 2015. [Large luteal cell megalocytosis in pregnant cows with chronic seneciosis.] Megalocitose de células luteínicas grandes de vacas prenhes com seneciose crônica. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(1):33-38. Laboratório de Patologia Veterinária, Universidade Federal do Pampa, Uruguaiana, RS 97500-970, Brazil. E-mail: anjosbl@gmail.com Several species of Senecio are widely distributed on pasture lands in Southern Brazil. Farmers from this region are known to complain about declines in reproductive rates in cattl from undetermined causes. Several poisonous plants can cause direct and indirect reproductive disorders in cattle in several countries, including Brazil. However, their pathogenetic mechanisms are still poorly understood. The aim of this study is to describe ovarian lesions in cows with chronic seneciosis, from farms located in the Southwest Mesoregion of Rio Grande do Sul, a southern state in Brazil. Twenty-one cases of bovine chronic seneciosis diagnosed between 2011 and 2014 were analyzed. The study showed that chronic seneciosis is the major cause of death in adult cattle in the region. Four pregnant cows showing classical necropsy large luteal cells (LLG) from the ovaries of these four cows had marked megalocytosis and nuclear pseudo-inclusions. Some LLG showed nuclei with up to 23.69&#956;m in diameter and the increase in size of these nuclei was significantly greater than measured those of control cows. It is concluded that the ingestion Senecio spp. induces ovarian changes in cows and the intoxication should be considered as a possible cause of reproductive failure in cattle herds from this region.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Krabbe A.A., Gonçalves M.A., Pozzobon R., Pessoa C.R.M., Soares M.P., Costa R.A. & Anjos B.L. 2015. [Large luteal cell megalocytosis in pregnant cows with chronic seneciosis.] Megalocitose de células luteínicas grandes de vacas prenhes com seneciose crônica. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(1):33-38. Laboratório de Patologia Veterinária, Universidade Federal do Pampa, Uruguaiana, RS 97500-970, Brazil. E-mail: anjosbl@gmail.com Diversas espécies de Senecio estão amplamente difundidas nas pastagens de propriedades rurais do Sul do Brasil. Criadores dessa região relatam quedas nos índices reprodutivos dos rebanhos bovinos, muitas vezes de causas não determinadas. Várias plantas tóxicas são capazes de causar alterações reprodutivas diretas e indiretas em bovinos em diversos países, incluindo o Brasil, no entanto seus mecanismos patogenéticos ainda são pouco compreendidos. O objetivo desse trabalho é descrever lesões ovarianas em vacas com seneciose crônica proveniente de propriedades rurais da mesorregião Sudoeste Rio-grandense. Foram estudados 21 casos positivos de seneciose crônica diagnosticados entre 2011 e 2014. O estudo revelou que a seneciose crônica é a principal causa de morte de bovinos adultos na região. Quatro vacas prenhes apresentaram lesões hepáticas clássicas da intoxicação por Senecio spp. Essas vacas tiveram seus ovários avaliados histologicamente e células luteínicas grandes (CLG) desses ovários apresentavam megalocitose e pseudoinclusões nucleares. Algumas CLG apresentaram núcleos com até 23,69µm de diâmetro e o aumento no tamanho desses núcleos foi significativamente maior que os de vacas controle. Conclui-se que a intoxicação por Senecio spp. causa alterações ovarianas em vacas e é possível que a intoxicação cause perdas reprodutivas nos rebanhos bovinas da região.


#40 - Photobiomodulation device for prevention and treatment of teat hyperkeratosis in dairy cows, 34(6):515-522

Abstract in English:

ABSTRACT.- Lage P.G., Araújo A.R., Teixeira A.G., Pinotti M. & Faleiros R.R. 2014. [Photobiomodulation device for prevention and treatment of teat hyperkeratosis in dairy cows.] Dispositivo fotobiomodulador para prevenção e tratamento de hiperqueratose de teto em vacas leiteiras. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(6):515-522. Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinárias, Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais, Av Antonio Carlos 6627, Belo Horizonte, MG 31270-901, Brazil. E-mail: faleirosufmg@gmail.com Mastitis consistis one of the main problems of milk production, mainly due to the production losses and the rising cost of milk. In case of severe hyperkeratosis, the teat canal can become an easier barrier for the bacteria to penetrate. The objeSctive of this study was to assess a phototherapy device construct with LED light for prevention and treatment of teat hyperkeratosis in a dairy cattle herd with high prevalence (35.3% of severe cases). 60 primiparous cows were used in the preventive experiment and 30 cows with hyperkeratosis were used in the therapeutic experiment. In both experiments, half of the cows started to be treated in early lactation using the phototherapy device three times per week for 6 weeks. The other cows were the controls. Hyperkeratosis was assessed by scoring and by morphometric analyses of teat images that were taken at baseline and then weekly for 6 consecutive weeks. In the preventive experiment, more images were taken later, between 6 and 7 months of the first lactation. Somatic cell counts (SCC) were performed monthly. In the preventive experiment, the outer diameter of the teat lesions remained constant in the treated group, whereas cows of the control group showed a significant increase at the end of lactation. In the therapeutic groups, no statistical differences for teat hyperkeratosis variables were seen between groups. However, the incidence of subclinical mastitis (SCC > 250 cells/mL) during lactation was lower in the treated group (P<0.05). In conclusion the phototherapy protocol did not prevent the development in primiparous or ameliorate previous hyperkeratosis lesions in cows. However, the prototype was considered useful as an adjunct in preventing the increase in the size of teat hyperkeratosis lesions and also as a way to reduce subclinical mastitis incidence in affected dairy cows.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Lage P.G., Araújo A.R., Teixeira A.G., Pinotti M. & Faleiros R.R. 2014. [Photobiomodulation device for prevention and treatment of teat hyperkeratosis in dairy cows.] Dispositivo fotobiomodulador para prevenção e tratamento de hiperqueratose de teto em vacas leiteiras. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(6):515-522. Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinárias, Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais, Av Antonio Carlos 6627, Belo Horizonte, MG 31270-901, Brazil. E-mail: faleirosufmg@gmail.com As mastites estão entre as principais causas de prejuízo para produtores de leite. Em casos graves de hiperqueratose, o canal do teto pode se tornar uma barreira mais fácil para que as bactérias penetrem na glândula mamária. Os objetivos deste estudo foram avaliar um dispositivo fotobiomodulador de LED para tratamento e prevenção de hiperqueratose de teto e prevenção da mastite subclínica em um rebanho de leite com alta prevalência de hiperqueratose (35,3% de casos graves). Foram utilizadas 60 primíparas para o experimento de prevenção e 30 vacas com hiperqueratose para o experimento terapêutico. Em ambos os experimentos, metade dos animais foram tratados com o dispositivo fotobiomodulador três vezes por semana, durante 6 semanas. Os outros animais foram os controles. Imagens fotográficas digitalizadas foram realizadas na avaliação inicial e, semanalmente, por 6 semanas consecutivas. Nas primíparas, novas avaliações foram realizadas entre 6 e 7 meses de lactação. Para avaliação da mastite subclínica, contagem de células somáticas (CCS) foram feitas mensalmente. No experimento preventivo, o diâmetro externo das lesões permaneceu constante nos tetos do grupo tratado, enquanto houve aumento no grupo controle. No experimento terapêutico não foram observadas diferenças estatísticas entre as variáveis de hiperqueratose. Contudo, o grupo tratado apresentou menor incidência de mastites subclínicas (CCS < 250 células/mL) por lactação do que o grupo controle (P<0,05). Em conclusão, o tratamento não foi efetivo em prevenir o desenvolvimento ou reduzir lesões instaladas de hiperqueratose de teto. Contudo, o uso protótipo se mostrou útil e promissor como adjuvante na prevenção do aumento de tamanho das lesões de hiperqueratose de teto em primíparas e como forma de reduzir incidência de mastite subclínicas em vacas leiteiras já acometidas.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV