Resultado da pesquisa (8)

Termo utilizado na pesquisa deficiência mineral

#1 - Outbreak of enzootic ataxia in goats and sheep in the state of Bahia

Abstract in English:

The objective of this study was to describe for the first time the clinical-epidemiological, laboratory and pathological aspects of different forms of enzootic ataxia in goats and lambs in the state of Bahia, as well as to propose an emergency oral treatment with copper sulfate in an individualized way for neonates. Three outbreaks of enzootic ataxia were studied. The history, clinical signs and epidemiological data were obtained from the owners and checked during the visits. The first outbreak (FO) occurred in 2013 in a property located in the municipality of Itaberaba and affected a herd composed of 90 goats and 130 sheep. The second outbreak (SO) occurred in 2014 in the municipality of Santa Luz and affected a herd of 90 goats and 110 sheep. The third outbreak (TO) occurred in 2018, in a property located in the same municipality of the SO, being the herd constituted by 80 sheep. Samples of blood were collected from all goats and sheep treated for serum copper dosage. Nine animals (five goats and four sheep) that presented a more severe clinical picture and unfavorable prognosis were necropsied for diagnostic confirmation. During the necropsy of the FO, SO and TO animals, liver samples were collected for copper dosage as well as fragments of several organs for histopathology. At the site where the SO occurred, samples of soil and the main forages where the animals were kept were collected to determine copper, iron, molybdenum, sulfur and zinc contents. The clinical and histopathological findings in the three outbreaks studied were characteristic of enzootic ataxia. In the outbreaks studied, the frequency of enzootic ataxia was higher in goats (52) than in lambs (39). In the goats the mean values of serum copper (0.05mg/kg) and hepatic (2.48mg/kg) of the FO and SO were well below their respective reference values, 12 times lower than serum levels and eight times lower in relation to liver contents. On the other hand, TO sheep presented mean values of serum copper (0.015mg/kg) reduced by 40 times. The levels of iron and sulfur were high in the fodder of the property where the SO occurred, already in the soil, iron levels were high and copper levels were reduced. The treatment tested in neonates and lambs with two doses of copper sulphate solution orally at a dose of 20mg/kg for sheep and 35mg/kg for goats during the first and second week of life was effective in prevention of enzootic ataxia in neonates and can be used for emergency control of the disease. The occurrence of enzootic ataxia (congenital and late form) in goats and sheep was first reported in Bahia. It is also worth noting that this disease caused by copper deficiency has caused great damage to the breeders of small ruminants, mainly due to the high mortality of the animals affected.

Abstract in Portuguese:

Objetivou-se com esse estudo descrever pela primeira vez os aspectos clínico-epidemiológicos, laboratoriais e patológicos de diferentes formas de ataxia enzoótica em cabritos e borregos no estado da Bahia, bem como propor um tratamento oral emergencial com sulfato de cobre de forma individualizada para neonatos. Foram estudados três surtos de ataxia enzoótica. O histórico, sinais clínicos e dados epidemiológicos foram obtidos com os proprietários e verificados durantes as visitas técnicas. O primeiro surto (PS) ocorreu em 2013 em uma propriedade localizada no município de Itaberaba e acometeu um rebanho composto por 90 caprinos e 130 ovinos. O segundo surto (SS) aconteceu em 2014 no município de Santa Luz e afetou um rebanho formado por 90 caprinos e 110 ovinos. O terceiro surto (TS) ocorreu 2018, em uma propriedade localizada no mesmo município do SS, sendo o rebanho constituído por 80 ovinos. Amostras de sangue foram colhidas de todos os caprinos e ovinos atendidos, para dosagem de cobre sérico. Nove animais (cinco caprinos e quatro ovinos) que apresentavam quadro clínico mais grave e prognóstico desfavorável foram necropsiados para confirmação diagnóstica. Durante a necropsia dos animais do PS, SS e TS amostras de fígado foram coletadas para dosagem de cobre, bem como amostras de diversos órgãos para exame histopatológico. Na propriedade onde ocorreu o SS, foram coletadas amostras de solo e das principais forragens onde os animais eram mantidos, a fim de se determinar os teores de cobre, ferro, molibdênio, enxofre e zinco. Os achados clínicos e histopatológicos verificados nos três surtos estudados foram característicos de ataxia enzoótica. Nos surtos estudados, a frequência da ataxia enzoótica foi maior em cabritos (52) do que em cordeiros (39). Nos caprinos os valores médios de cobre sérico (0,05mg/kg) e hepático (2,48mg/kg) do PS e SS encontravam-se muito abaixo dos respectivos valores de referência, sendo 12 vezes menor em relação aos níveis séricos e oito vezes menor em relação aos teores hepáticos. Já os ovinos do TS apresentavam valores médios de cobre sérico (0,015mg/kg) reduzidos cerca de 40 vezes. Os teores de ferro e enxofre encontravam-se elevados nas forragens da propriedade onde ocorreu o SS, já no solo, os níveis de ferro apresentavam-se elevados e os de cobre reduzidos. O tratamento testado nos cabritos e borregos neonatos, com duas administrações individualizadas com solução de sulfato de cobre, por via oral, na dose de 20mg/kg para ovinos e 35mg/kg para caprinos, na primeira e segunda semana de vida, foi eficaz na prevenção da ataxia enzoótica nos neonatos e pode ser utilizado para controle emergencial da doença. Comprovou-se pela primeira vez na Bahia a ocorrência da ataxia enzoótica (forma congênita e tardia) em caprinos e ovinos. Ressalta-se ainda que, esta doença causada por deficiência de cobre, tem cursado com grandes prejuízos aos criadores de pequenos ruminantes, sobretudo, devido à alta mortalidade dos animais acometidos.


#2 - Serum and liver copper, iron, molybdenum and zinc concentration in goats and sheep in the state of Paraíba, Brazil

Abstract in English:

This study aimed to determine Cu, Fe, Mo, and Zn liver and serum concentration in sheep and goats raised in the rangelands of the semiarid region of the state of Paraíba, Brazil, during the dry and rainy seasons, and to establish if Cu deficiency is primary or secondary to high ingestion of Mo or Fe. Cu, Zn, Mo and Fe concentrations were determined by atomic absorption spectrometry coupled to mass (ICP-Plasma) in 253 liver and serum samples randomly selected in a slaughterhouse. The mean serum concentrations of Cu in the goats and sheep were 11.82±3.28µmol/L and 10.97±3.61µmol/L respectively. The liver Cu concentrations were 160.37±11.77mg/kg in goats and 152.12±13.16mg/kg in sheep. The mean serum Fe concentrations were 16.38±4.51µmol/L in goats and 25.41±9.76µmol/L in sheep. The mean Fe concentrations in the liver were 189.37±6.51mg/kg in goats and 313.70±12.89mg/kg in sheep. The mean serum concentrations of Mo were 0.14±0.04µmol/L in goats and 0.29±0.06µmol/L in sheep. The mean Mo concentrations in the liver were 6.09±0.23mg/kg in goats and 6.22±0.15mg/kg in sheep. The mean serum Zn concentrations were 8.30±1.91µmol/L in goats and 8.63±2.22µmol/L in sheep. The mean Zn concentrations in the liver were 132.80±3.39mg/kg in goats and 130.70±2.99mg/kg in sheep. These results show low or marginal serum and liver concentrations of Cu and Zn, indicating that these minerals should be supplemented. The normal or even low concentrations of Mo and the high concentration of Fe suggest that Cu deficiency may be primary, due to low Cu ingestion, or secondary due to high Fe ingestion.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Silva T.R., Soares P.C., Dantas A.F.M., Marques A.V.S, Filho E.F.O., Aguiar G.M.N., Marques A.L.A. & Riet-Correa F. 2018. Serum and liver copper, iron, molybdenum and zinc concentrations in goats and sheep in the state of Paraíba, Brazil. [Concentrações sérica e hepática de cobre, ferro, molibdênio e zinco em ovinos e caprinos no estado da Paraíba.] Pesquisa Veterinária Brasileira 38(7):1313-1316. Hospital Veterinário, Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Patos, Patos, PB 58700-970, Brazil. E-mail: tatianerodrigues.vet@gmail.com Este estudo teve como objetivo determinar Cu, Fe, Mo e Zn no fígado e soro em ovinos e caprinos criados nas pastagens da região semiárida do Estado da Paraíba, Brasil, nas estações seca e chuvosa, e estabelecer se a deficiência de Cu e primaria ou secundaria a alta ingestão de Mo ou Fe. Cu, Zn, Mo, e Fe foram determinados por espectrometria de absorção atômica com plasma indutivamente acoplado (ICP-OES) em 253 amostras de fígado e soro selecionados aleatoriamente em um matadouro. As concentrações séricas de Cu nos caprinos e ovinos foram 11,82±3,28mmol/L e 10,97±3,61mmol/L, respectivamente. As concentrações de Cu no fígado foram de 160,37±11,77mg/kg em caprinos e 152,12±13,16mg/kg em ovinos. As concentrações séricas de Fe foram de 16,38±4,51mmol/L em caprinos e 25,41±9,76mmol/L em ovinos. As concentrações de Fe no fígado foram 189,37±6,51mg/kg em caprinos e 313.70±12,89mg/kg em ovinos. As concentrações séricas de Mo foram de 0,14±0,04mmol/L em caprinos e 0,29±0,06mmol/L em ovinos. As concentrações de Mo no fígado foram 6,09±0,23mg/kg em caprinos e 6,22±0,15mg/kg em ovinos. As concentrações séricas de Zn foram 8,30±1,91mmol/L em caprinos e 8,63±2,22mmol/L em ovinos. As concentrações de Zn no fígado foram 132,80±3,39mg/kg em cabras e 130,70±2,99mg/kg em ovelhas. Estes resultados mostram concentrações baixas ou marginais de Cu e Zn no soro e fígado indicando que estes minerais devem ser suplementados. As concentrações normais ou mesmo baixos de Mo e as altas concentrações de Fe sugerem que a deficiência de Cu pode ser primária, devido à baixa ingestão de Cu, ou secundária a alta ingestão de Fe.


#3 - Occurrence of subclinical metabolic disorders in dairy cows from western Santa Catarina state, Brazil

Abstract in English:

The management of dairy herds during the transition period has been studied in several studies due to the severe adjustments to which cows are submitted in the metabolism of carbohydrates, lipids and minerals at early lactation. This is a period when occurs most of the metabolic disorders in dairy cows, especially in their subclinical form. Hitherto a lack of information exists on the occurrence of subclinical metabolic disorders in Brazil. The aim of this study was to determine the occurrence of subclinical metabolic disorders, including ketosis, liver lipidosis, hypocalcemia, lactacidemia and hypomagnesemia, as well as phosphorous, copper and zinc deficiency in dairy cattle from the western region of Santa Catarina state, southern Brazil, during the first 30 days of lactation. Blood samples from 15 dairy herds managed in intensive production (free-stall) and semi-confined systems were collected. Milk yield, reproduction and health data of the herd were recorded in a questionnaire, based on the records of the farm and on the observations during samples collection. Blood samples were collected for the measurement of beta-hydroxybutyrate (BHB) and lactate using portable monitors at the farm and for obtaining serum to perform the following biochemical determinations: total calcium, phosphorus, magnesium, albumin, aspartate transaminase (AST) and creatine kinase (CK) by UV-visible spectrophotometry, and copper and zinc by atomic absorption spectrophotometry. In this study, the cutoff points considered were as follows: serum BHB concentrations >1.2mmol/L for subclinical ketosis, AST >140U/L and CK <94U/L for subclinical liver lipidosis, serum lactate concentrations >2.2mmol/L for lactacidemia, serum total calcium concentrations <7.5mg/dL for subclinical hypocalcemia, serum magnesium concentration <1.7mg/dL for hypomagnesemia, serum phosphorus concentration <2.5mg/dL for phosphorus deficiency, serum copper concentrations <32.8μg/dL for copper deficiency, and serum zinc concentrations <60μg/dL for zinc deficiency. The results showed an occurrence of 9% for subclinical ketosis, 11% for subclinical liver lipidosis, 44.5% for lactacidemia, 11% for subclinical hypocalcemia, 7.4% for subclinical hypomagnesemia, 10.7% for copper deficiency and 8.7% for zinc deficiency. According to the survey results, the occurrence of subclinical ketosis, lipidosis and hypocalcemia in western Santa Catarina differ from data found in the literature.

Abstract in Portuguese:

O manejo dos rebanhos leiteiros durante o período de transição tem sido objeto de estudo de diversas pesquisas devido às severas adaptações sofridas pelas vacas no metabolismo dos carboidratos, lipídeos e minerais no início da lactação. Trata-se de um período em que ocorre a maioria dos transtornos metabólicos em vacas leiteiras, especialmente na sua forma subclínica. Até hoje existe uma falta de informação sobre a ocorrência de transtornos metabólicos subclínicos no Brasil. O objetivo deste estudo foi determinar a ocorrência de transtornos metabólicos subclínicos, dentre eles cetose, lipidose hepática, lactacidemia, hipocalcemia e hipomagnesemia, bem como deficiências de fósforo, cobre e zinco, em bovinos leiteiros da região Oeste do estado de Santa Catarina, durante os primeiros 30 dias de lactação. Foram avaliadas amostras de 15 rebanhos leiteiros manejados em sistemas de produção intensiva (free-stall) e semi-confinamento. Dados de produção, reprodução e sanidade do rebanho e de cada animal utilizado no estudo foram registrados em um questionário, baseando-se nos registros da fazenda e nas observações durante as coletas. Amostras de sangue total foram coletadas para dosagem de beta-hidroxibutirato (BHB) e lactato através de monitores portáteis ao pé das vacas e para obter amostras de soro usadas nas seguintes determinações bioquímicas: cálcio total, fósforo, magnésio, albumina, AST e CK por espectrofotometria UV-visível, e cobre e zinco por espectrofotometria de absorção atômica. No presente trabalho, foram considerados os seguintes pontos de corte: concentrações séricas de BHB >1,2mmol/L para cetose subclínica, atividade sérica de AST >132U/L e de CK <94U/L para lipidose hepática subclínica, concentrações séricas de lactato >2,2mmol/L para lactacidemia, concentrações séricas de cálcio total <7,5mg/dL para hipocalcemia subclínica, concentração sérica de magnésio <1,7mg/dL para hipomagnesemia subclínica, concentração sérica de fósforo <2,5mg/dL para deficiência de fósforo, concentrações séricas de cobre <32,8μg/dL para deficiência de cobre, e concentrações séricas de zinco <60μg/dL para deficiência de zinco. Foi encontrada ocorrência de 9% para cetose subclínica, 11% para lipidose hepática subclínica, 44,5% para lactacidemia, 11% para hipocalcemia subclínica, 7,4% para hipomagnesemia, 10,7% para deficiência de cobre e 8,7% para deficiência de zinco. De acordo com os resultados da pesquisa, as ocorrências de cetose, lipidose hepática e hipocalcemia subclínicas no Oeste Catarinense foram diferentes das encontradas em outros estudos.


#4 - Degenerative axonopathy associated with copper deficiency in pigs, 37(9):911-915

Abstract in English:

ABSTRACT.- Olinda R.G., Maia L.A., Frade M.T.S., Soares M.P., Barros S.S., Driemeier D., Riet-Correa F. & Dantas A.F.M. 2017. Degenerative axonopathy associated with copper deficiency in pigs. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(9):911-915. Programa de Pós-Graduação, em Medicina Veterinária, Hospital Veterinário, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universi­dade Federal de Campina Grande, Campus de Patos, Patos, PB 58700-000, Brazil. E-mail: rgumes@hotmail.com The epidemiological, clinic and morphological (pathological and ultrastructural) aspects of four outbreaks of copper deficiency affecting 21- to 90-day-old pigs in the Northeast region of Brazil are reported. Clinical signs began with paraparesis and ataxia and progressed to flaccid or spastic paralysis of the pelvic and thoracic limbs, followed by sternal and/or lateral recumbence. In addition, some animals showed dog-sitting position and intention tremors. The clinical manifestation period was 5-20 days. Significant gross lesions were not observed; however, microscopically, symmetrical degeneration of the white matter with ballooned myelin sheaths containing occasional macrophages was observed, mainly in the spinal cord. Two pigs presented with necrosis ad loss of Purkinje cells and ectopic Purkinje cells in the granular layer and cerebellar white matter. A ultrastructural analysis showed different degrees of damage of myelinated axons in the spinal segments, including an absence of the axoplasm structures with only axonal residues remaining. The myelin sheaths were degenerated and often collapsed into the space previously occupied by the axon. These results suggest that myelin degeneration is secondary to the axonal lesion. Finally, the concentration of copper in the liver was determined using atomic absorption spectrophotometry and was found to be low (ranging from 2.2 to 10.8 ppm). In conclusion, in the Brazilian semiarid region, Cu deficiency occurs in 21 to 90-day-old pigs that ingested different types of waste in their food.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Olinda R.G., Maia L.A., Frade M.T.S., Soares M.P., Barros S.S., Driemeier D., Riet-Correa F. & Dantas A.F.M. 2017. Degenerative axonopathy associated with copper deficiency in pigs. [Axonopatia degenerativa associada com deficiência de cobre em suínos.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(9):911-915. Programa de Pós-Graduação, em Medicina Veterinária, Hospital Veterinário, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universi­dade Federal de Campina Grande, Campus de Patos, Patos, PB 58700-000, Brazil. E-mail: rgumes@hotmail.com São relatados os achados epidemiológicos, clínicos e morfológicos (patológicos e ultraestruturais) de quatro surtos de deficiência de cobre em suínos afetados entre 21 e 90 dias de idade na região Nordeste do Brasil. Os sinais clínicos iniciaram com paraparesia e ataxia, que progrediu a paralisia flácida ou espástica dos membros pélvicos e torácicos, seguido de decúbito esternal e/ou lateral. Além disso, alguns animais apresentaram posição de cão sentado e tremores de intenção. O período de manifestação clínica variou de 5-20 dias. Não foram observadas lesões macroscópicas significativas; no entanto, microscopicamente, foi observada degeneração simétrica da substância branca com fragmentação das bainhas de mielina, contendo ocasionais macrófagos, principalmente na medula espinal. Dois suínos apresentaram necrose e perda de células de Purkinje e células de Purkinje ectópicos na camada granular da substância branca cerebelar. A análise ultraestrutural mostrou diferentes graus de lesões em axônios mielinizados em segmentos da medula espinhal, incluindo o desaparecimento de estruturas do axoplasma, restando apenas restos axonais. A bainha de mielina encontrava-se degenerada e muitas vezes, colapsada dentro do espaço previamente ocupado pelo axônio. Esses resultados sugerem que a degeneração da mielina é secundária à lesão axonal. Finalmente, a concentração do cobre no fígado foi determinada usando espectrometria de absorção atômica e revelou baixos valores (variando de 2,2-10,8ppm). Conclui-se que na região semiárida do Brasil ocorre deficiência de cobre em suínos de 21 a 90 dias de idade alimentados com diferentes tipos de resíduos.


#5 - Economic evaluation of three strategies of mineral supplementation for beef cattle in State of Pará, Brazil, 36(7):600-604

Abstract in English:

ABSTRACT.- Barbosa F.B., Bomjardim H.A., Helayel M.J.S.A., Faial K.C.F., Oliveira C.M.C., Malafaia P., Brito M.F. & Barbosa J.D. 2016. [Economic evaluation of three strategies of mineral supplementation for beef cattle in State of Pará, Brazil.] Avaliação econômica de três tipos de suplementação mineral para bovinos de corte no estado do Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(7):600-604. Instituto de Medicina Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal do Pará, Campus de Castanhal, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.br Three alternatives of mineral supplementation of 18 to 20-month-old male Nelore cattle with 299.5 to 308.5 kg of body weight were used at a farm in northeast of Pará state, Brazil. To evaluate which mineral mixture resulted in better cost-benefit, three groups of 20 head were supplemented for six months, from March to August of 2012. Group 1 was supplemented with a selected mineral mixture (SMM) composed of 25kg NaCl, 50kg dicalcium phosphate, 190g copper sulphate, 60g cobalt sulphate, and 15g sodium selenite, having 133g Na, 123g P, 631mg Cu, 167mg Co, and 9mg Se per kg; this mixture was made based in previous clinical-nutritional examination of herd. Group 2 (control), supplemented only with NaCl; and group 3 received a commercial mineral mixture (CMM), routinely used in this farm, with 130g P, 220g Ca, 18g Mg, 36g S, 6000mg Zn, 1500mg Cu, 2000mg Mn, 200mg Co, 90mg I, and 36mg Se per kg. Concentrations of phosphorus, copper, zinc and iron were determined in liver and 12th ribs. The best cost-benefit alternative was the SMM; the forage alone did not contain enough Co to meet the requirements of the control group, but provided enough P, Cu, Zn and Se during the five months of the experiment.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Barbosa F.B., Bomjardim H.A., Helayel M.J.S.A., Faial K.C.F., Oliveira C.M.C., Malafaia P., Brito M.F. & Barbosa J.D. 2016. [Economic evaluation of three strategies of mineral supplementation for beef cattle in State of Pará, Brazil.] Avaliação econômica de três tipos de suplementação mineral para bovinos de corte no estado do Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(7):600-604. Instituto de Medicina Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal do Pará, Campus de Castanhal, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.br Em uma propriedade localizada na região nordeste do Estado do Pará foram analisadas alternativas de suplementação mineral para bovinos de corte, da raça nelore, machos, com idades entre 18 e 20 meses e pesos de 299,5 a 308,5 kg. Foram avaliados o custo benefício, os valores dos minerais no fígado e nas costelas e o ganho de peso médio diário dos animais submetidos aos diferentes tratamentos. O estudo foi realizado durante seis meses (março a agosto de 2012), no período de ótima oferta de pastagem. Foram utilizados 60 bovinos, divididos em três grupos de 20 animais em delineamento experimental inteiramente casualizado. O Grupo 1 foi suplementado com uma mistura mineral seletiva (MMS) composta por 25kg de NaCl, 50kg de fosfato bicálcico,190g de sulfato de Cobre, 60g de sulfato de Cobalto e 15g de selenito de sódio; essa mistura continha, em um quilograma, 133g de Na, 123g de P, 631 mg de Cu, 167mg de Co e 9 mg de Se; essa mistura foi proposta com base no prévio diagnóstico clínico-nutricional do rebanho. O Grupo 2 foi suplementado apenas com NaCl (Grupo controle) e o Grupo 3 recebeu uma mistura mineral comercial (MMC), rotineiramente utilizada na fazenda, contendo, em um quilograma, 130g de P, 220g de Ca, 18g de Mg, 36g de S, 6.000mg de Zn, 1.500mg de Cu, 2.000mg de Mn, 200mg de Co, 90mg de I e 36mg de Se. O melhor custo benefício foi obtido com a mistura mineral seletiva. A pastagem não contém Co suficiente para atender as necessidades dos bovinos do grupo controle, mas foi capaz de suprir as necessidades de P, Cu, Zn e Se durante os cinco meses do experimento.


#6 - Determination of copper and other minerals in goats and sheep of the San Francisco river valley in Pernambuco, Brazil, 35(9):767-774

Abstract in English:

ABSTRACT.- Silva Júnior S.S., Antonelli A.C., Soares G.W.N., Gomes I.M.M. & Rocha Filho J.F. 2015. [Determination of copper and other minerals in goats and sheep of the San Francisco river valley in Pernambuco, Brazil.] Determinação de cobre e outros minerais em caprinos e ovinos criados no sertão do vale do Rio São Francisco, Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(9):767-774. Departamento de Clínica Médica e Cirúrgica de Grandes Animais, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Rodovia BR-407 Km 12, Lote 543, Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho s/n, C1, Petrolina, PE 56300-990, Brazil. E-mail: salvador.veterinario@hotmail.com For the determination of copper concentration and its antagonists, 160 serum and liver samples were used, from goat and sheep sent to the municipal slaughterhouse of Petrolina. The samples were correlated with the same animal, in order to prevent errors in data collection. Serum ceruloplasmin activity was determined by colorimetric method. For determination of minerals, the samples were diluted six to twenty times with Milli-Q water. For determining concentrations of mineral elements in the liver, the samples were digested until achieving a solution that maintained the initial sample and minerals totally liquid, without the presence of solid particles which could clog the capillary suction of the spectrometer and prevent reading of samples. The concentrations of copper, molybdenum, iron and zinc were determined by optical emission spectrometry (ICP). Thus, the experiment was conducted to determine the occurrence and distribution of copper deficiency in the San Francisco valley of Pernambuco. No copper deficiency was revealed in this region of the state of Pernambuco, when the mean levels of hepatic copper were evaluated. Zinc levels were within a normal range, whereas iron levels were higher in sheep, and lower levels of molybdenum in goats. It was also found that the activity of ceruloplasmin was an indicator of serum copper.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Silva Júnior S.S., Antonelli A.C., Soares G.W.N., Gomes I.M.M. & Rocha Filho J.F. 2015. [Determination of copper and other minerals in goats and sheep of the San Francisco river valley in Pernambuco, Brazil.] Determinação de cobre e outros minerais em caprinos e ovinos criados no sertão do vale do Rio São Francisco, Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(9):767-774. Departamento de Clínica Médica e Cirúrgica de Grandes Animais, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Rodovia BR-407 Km 12, Lote 543, Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho s/n, C1, Petrolina, PE 56300-990, Brazil. E-mail: salvador.veterinario@hotmail.com Para a determinação dos teores de cobre e de seus antagonistas, foram utilizadas 160 amostras de soro e de fígados, de caprinos e ovinos enviados ao matadouro municipal de Petrolina. As amostras de fígado e soro foram correlacionadas para o mesmo animal, a fim de evitar erros na obtenção dos dados. No soro a atividade da ceruloplasmina foi determinada por método colorimétrico. Para a determinação dos minerais, as amostras foram diluídas de seis a vinte vezes com água Milli-Q. Para determinação das concentrações dos elementos minerais no fígado, as amostras foram digeridas até que se obtivesse uma solução que mantivesse os minerais da amostra inicial e que fosse totalmente liquida, sem a presença de partículas sólidas que pudessem obstruir os capilares de sucção do espectrômetro e assim impedir as leituras das amostras. As concentrações de cobre, molibdênio, ferro e zinco foram determinadas através de espectrometria óptica por emissão de plasma (ICP). Desta forma, foi conduzido o experimento objetivando determinar a ocorrência e distribuição da carência de cobre no território do sertão do vale do rio São Francisco em Pernambuco. Foi observado que não houve carência de cobre nesta região do estado de Pernambuco, quando se avaliou os níveis médios de cobre hepático,. Os níveis de zinco estavam dentro de um padrão de normalidade, enquanto que os níveis de ferro foram mais elevados em ovinos, e os níveis de molibdênio mais reduzidos em caprinos. Verificou-se também que a atividade de ceruloplasmina foi um indicador dos níveis séricos de cobre.


#7 - Serum and liver concentrations of copper, iron, zinc and molybdenum in sheep and goats in the state of Pernambuco, 31(5):398-406

Abstract in English:

ABSTRACT.- Marques A.V.S., Soares P.C, Riet-Correa F., Mota I.O., Silva T.L.A., Borba Neto A.V., Soares F.A.P. & Alencar S.P. 2011. [Serum and liver concentrations of copper, iron, zinc and molybdenum in sheep and goats in the state of Pernambuco.] Teores séricos e hepáticos de cobre, ferro, molibdênio e zinco em ovinos e caprinos no estado de Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 31(5):398-406. Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: psoares@dmv.ufrpe.br The aim of this research was to determine serum and liver concentrations of Cu, Mo, Fe and Zn in sheep and goats slaughtered in the semiarid region of the state of Pernambuco, northeastern Brazil, during the rainy and dry seasons, and to establish if Cu deficiency which occurs in the region is primary or secondary to high levels of Mo and/or Fe. Serum and liver samples from 141 goats and 141 sheep were submitted to wet digestion in nitric-perchloric acid and analyzed by coupled plasma atomic absorption spectrophotometry (ICPOES). The mean serum concentrations of Cu were 9.85±2.71µmol/L in sheep and 11.37±2.57µmol/L in goats. Mean Cu liver concentrations were 158.45±83.05mg/kg in sheep and 152.46±79.58mg/kg in goats. Mean serum concentrations of Fe were 35.58±14.89µmol/L in sheep and 25.06±8.10µmol/L in goats. Mean liver concentrations of Fe were 156.10±55.99mg/kg in sheep and 210.53±121.99mg/kg in goats. Mean serum concentrations of Mo were 0.28±0.11µmol/L in goats and 0.31±0.16µmol/L in sheep. Mean liver concentrations of Mo were 6.53±4.13mg/kg in goats and 8.10±4.01mg/kg in sheep. Mean serum concentrations of Zn were 11.9±6.07µmol/L in sheep and 11.79±7.42µmol/L in goats. Mean liver concentrations of Zn were 126.43±51.50mg/kg in sheep and 132.91±55.28mg/kg in goats. Based on Cu serum and liver concentrations and on the sporadic occurrence of enzootic ataxia, Cu supplementation is recommended for grazing sheep and goats during the dry and the rainy seasons. Considering that serum and hepatic concentrations of Fe and Mo are within normal ranges or are marginal, it is suggested that the low Cu concentrations are not related with high Fe or Mo ingestion. Non significant differences were observed between serum and liver con-centrations of Cu and Mo, and between serum concentrations of Fe in samples collected during the rainy season and the dry season. Liver concentrations of Fe and serum and liver concentrations of Zn were significantly higher during the rainy season. Taking into account that serum and liver Zn concentrations in sheep and goats are considered marginal, supple-mentation with Zn is suggested for grazing sheep and goats, mainly during the dry season. O trabalho objetivou conhecer os teores de Cu, Mo, Fe e Zn em soro e fígado de ovinos e caprinos criados na região semiárida do estado de Pernambuco e abatidos nas épocas da chuva e seca, e estabelecer se a carência de Cu é causada por deficiência primária de Cu ou secundária à ingestão de quantidades excessivas de Fe ou Mo. Amostras de soro e fígado de 141 ovinos e 141 caprinos foram submetidas à digestão úmida em ácido nítrico-perclórico e, posteriormente, analisados em espectrofotômetro de absorção atômica indutivamente acoplado (ICPOES). A concentração sérica de Cu em caprinos teve uma média de 9,85±2,71µmol/L e em caprinos de 11,37±2,57µmol/L, enquanto que a concentração hepática média foi de 158,45±83,05mg/kg para ovinos e 152,46±79,58mg/kg pa-ra caprinos. Os teores séricos de Fe foram de 35,58± 14,89µmol/L em ovinos e de 25,06±8,10µmol/L em caprinos e as concentrações no fígado foram de 156,10±55,99mg/kg em ovinos e 210,53±121,99mg/kg em caprinos. As concentrações médias séricas de Mo foram de 0,28±0,11µmol/L em caprinos e 0,31±0,16µmol/L em ovinos, enquanto que no fígado sua concentração foi de 6,53±4,13mg/kg e 8,10± 4,01mg/kg, respectivamente. A concentração sérica de Zn foi de 11,9±6,07µmol/L em ovinos e 11,79±7,42µmol/L em caprinos e a concentração no fígado foi de 126,43 ±51,50mg/kg e 132,91±55,28mg/kg em ovinos e caprinos, respectivamente. Verificou-se variação na concentração destes minerais considerando os fatores de variação, como o período sazonal, espécie e sexo. Baseado nos valores observados, considerados marginais, e na ocorrência de surtos de ataxia enzoótica em caprinos e ovinos na região, recomenda-se a suplementação com Cu em animais a campo, tanto na seca quanto na chuva. Considerando as concentrações séricas e hepáticas de Fe e Mo, sugere-se que as concentrações marginais de Cu não estejam diretamente relacionadas com o excesso destes minerais. Não foram encontradas diferenças significantes nas concentrações séricas e hepáticas de Cu e Mo e nas concentrações séricas de Fe entre as amostras coletadas na época da chuva a as coletadas na época seca. As concentrações hepáticas de Fe e as concentrações séricas e hepáticas de Zn foram significativamente maiores na época da chuva. Considerando que os teores de Zn sérico encontram-se abaixo dos valores considerados como marginais e os hepáticos dentro do limite de normalidade, embora próximos ao limite inferior da referência, recomenda-se a suplementação com Zn, principalmente durante o período da seca.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Marques A.V.S., Soares P.C, Riet-Correa F., Mota I.O., Silva T.L.A., Borba Neto A.V., Soares F.A.P. & Alencar S.P. 2011. [Serum and liver concentrations of copper, iron, zinc and molybdenum in sheep and goats in the state of Pernambuco.] Teores séricos e hepáticos de cobre, ferro, molibdênio e zinco em ovinos e caprinos no estado de Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 31(5):398-406. Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: psoares@dmv.ufrpe.br O trabalho objetivou conhecer os teores de Cu, Mo, Fe e Zn em soro e fígado de ovinos e caprinos criados na região semiárida do estado de Pernambuco e abatidos nas épocas da chuva e seca, e estabelecer se a carência de Cu é causada por deficiência primária de Cu ou secundária à ingestão de quantidades excessivas de Fe ou Mo. Amostras de soro e fígado de 141 ovinos e 141 caprinos foram submetidas à digestão úmida em ácido nítrico-perclórico e, posteriormente, analisados em espectrofotômetro de absorção atômica indutivamente acoplado (ICPOES). A concentração sérica de Cu em caprinos teve uma média de 9,85±2,71µmol/L e em caprinos de 11,37±2,57µmol/L, enquanto que a concentração hepática média foi de 158,45±83,05mg/kg para ovinos e 152,46±79,58mg/kg pa-ra caprinos. Os teores séricos de Fe foram de 35,58± 14,89µmol/L em ovinos e de 25,06±8,10µmol/L em caprinos e as concentrações no fígado foram de 156,10±55,99mg/kg em ovinos e 210,53±121,99mg/kg em caprinos. As concentrações médias séricas de Mo foram de 0,28±0,11µmol/L em caprinos e 0,31±0,16µmol/L em ovinos, enquanto que no fígado sua concentração foi de 6,53±4,13mg/kg e 8,10± 4,01mg/kg, respectivamente. A concentração sérica de Zn foi de 11,9±6,07µmol/L em ovinos e 11,79±7,42µmol/L em caprinos e a concentração no fígado foi de 126,43 ±51,50mg/kg e 132,91±55,28mg/kg em ovinos e caprinos, respectivamente. Verificou-se variação na concentração destes minerais considerando os fatores de variação, como o período sazonal, espécie e sexo. Baseado nos valores observados, considerados marginais, e na ocorrência de surtos de ataxia enzoótica em caprinos e ovinos na região, recomenda-se a suplementação com Cu em animais a campo, tanto na seca quanto na chuva. Considerando as concentrações séricas e hepáticas de Fe e Mo, sugere-se que as concentrações marginais de Cu não estejam diretamente relacionadas com o excesso destes minerais. Não foram encontradas diferenças significantes nas concentrações séricas e hepáticas de Cu e Mo e nas concentrações séricas de Fe entre as amostras coletadas na época da chuva a as coletadas na época seca. As concentrações hepáticas de Fe e as concentrações séricas e hepáticas de Zn foram significativamente maiores na época da chuva. Considerando que os teores de Zn sérico encontram-se abaixo dos valores considerados como marginais e os hepáticos dentro do limite de normalidade, embora próximos ao limite inferior da referência, recomenda-se a suplementação com Zn, principalmente durante o período da seca.


#8 - Clinical pathological data and analyses of mineral elements of cattle affected by epizootic botulism in the State of São Paulo

Abstract in English:

In arder to study laboratorial aspects of beef cow mortality, a syndrome popularly known as "doença da vaca caída", examens were made of blood, cerebrospinal fluid, serum, bone and liver samples from 32 naturally affected 4 to 9 year old cows, 27 belonging to the Nellore breed and5 were crossbred Nellore, all originating from farms located in municipalities near Botucatu, State of São Paulo. Laboratory determinations were analysed by descriptive statistics and included hematological values, total plasma protein, plasma fibrinogen, cerebrospinal fluid analysis, and concentration measurements of serum calcium, phosphorus, magnesium, sodium, potassium, chloride, total protein, albumin, globulin, alkaline phosphatase, aspartate aminotransferase, gama-glutamyltransferase and creatine kinase activities, included bane ash percentage and concentrations of calcium, phosphorus and magnesium, and also hepatic levels of copper, zinc, iron, manganese and cobalt. In addition, mouse bioassays and complement micro-fixation tests were performed to detect botulinum toxins in liver samples. The results indicated leukocytosis (13,3±3,9 x103/mm3) with neutrophilia (8,9±3,2 x103/mm3), hypocalcemia (7,8±1,7mg/dl), hypophosphatemia (3,6±1,6mg/dl), hypoalbuminemia (2,9±0,9g/cll), increased creatine kinase activity (691,0±829,7 UI/1), and reduced ash percentage (60,3±1,9%) and low phosphorus (17,2±0,4%) in bane. The other values were all within normal limits. The diagnosis of botulism, involving type C and D toxins, was confirmed as the cause of the mortality in the region of study, what is strongly consistent with the other laboratorial findings.

Abstract in Portuguese:

Com o 'objetivo de verificar alguns aspectos laboratoriais ela mortalidade de vacas ele corte, popularmente conhecida como "doença ela vaca caída", estudaram-se amostras de sangue total, líquor, soro sanguíneo, osso e fígado colhidas de 32 fêmeas bovinas (27 ela raça Nelore e 5 mestiças), entre 4 e 9 anos de idade, naturalmente acometidas e pertencentes a propriedades rurais localizadas em municípios próximos a Botucatu, Estado de São Paulo. Procederam-se as determinações e o estudo estatístico descritivo das variáveis: 1) hematológicas, de proteínas plasmáticas totais e fibrinogênio; 2) dos aspectos físicos, bioquímicos e celularidade no líquor; 3) de cálcio, fósforo, magnésio, sódio, potássio; cloretos, proteína total, albumina, globulina e atividades da fosfatase alcalina, aspartato aminotransferase, gama-glutamiltransferase e creatina quinase no soro sanguíneo; 4) de cinzas, cálcio, fósforo e magnésio no osso, e, 5) de cobre, zinco, ferro, manganês e cobalto no fígado, empregando-se as provas de inoculação em camundongos e de microfixação de complemento para a detecção da presença de toxinas botulínicas nas amostras de tecido hepático. Os resultados apontaramcomo alterações, leucocitose (13,3±3,9 x103/mm3) com neutrofilia (8,9±3,2 x103/mm3), hipocalcemia (7,8±1,7mg/ dl), hipofosfatemia (3,6±1,6mg/dl), hipoalbuminemia (2,9±0,9g/dl), elevação na atividade da creatina quinase (692,0±829,7 UI/1) e reduções na cinza (60,3±1,9%) e fósforo (17,2±0,4%) ósseos, como indicativos do estado carencial de fósforo, apresentando-se as demais variáveis dentro dos limites de variação considerados normais para a espécie. O diagnóstico de botullsmo, com envolvimento das toxinas C e D, foi confirmado como a causa da mortalidade investigada na área de abrangência do estudo, e encontra coerência com o conjunto de resultados.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV