Resultado da pesquisa (18)

Termo utilizado na pesquisa copper

#1 - Serum and liver copper, iron, molybdenum and zinc concentration in goats and sheep in the state of Paraíba, Brazil, 38(7):1313-1316

Abstract in English:

ABSTRACT.- Silva T.R., Soares P.C., Dantas A.F.M., Marques A.V.S, Filho E.F.O., Aguiar G.M.N., Marques A.L.A. & Riet-Correa F. 2018. Serum and liver copper, iron, molybdenum and zinc concentrations in goats and sheep in the state of Paraíba, Brazil. [Concentrações sérica e hepática de cobre, ferro, molibdênio e zinco em ovinos e caprinos no estado da Paraíba.] Pesquisa Veterinária Brasileira 38(7):1313-1316. Hospital Veterinário, Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Patos, Patos, PB 58700-970, Brazil. E-mail: tatianerodrigues.vet@gmail.com This study aimed to determine Cu, Fe, Mo, and Zn liver and serum concentration in sheep and goats raised in the rangelands of the semiarid region of the state of Paraíba, Brazil, during the dry and rainy seasons, and to establish if Cu deficiency is primary or secondary to high ingestion of Mo or Fe. Cu, Zn, Mo and Fe concentrations were determined by atomic absorption spectrometry coupled to mass (ICP-Plasma) in 253 liver and serum samples randomly selected in a slaughterhouse. The mean serum concentrations of Cu in the goats and sheep were 11.82±3.28µmol/L and 10.97±3.61µmol/L respectively. The liver Cu concentrations were 160.37±11.77mg/kg in goats and 152.12±13.16mg/kg in sheep. The mean serum Fe concentrations were 16.38±4.51µmol/L in goats and 25.41±9.76µmol/L in sheep. The mean Fe concentrations in the liver were 189.37±6.51mg/kg in goats and 313.70±12.89mg/kg in sheep. The mean serum concentrations of Mo were 0.14±0.04µmol/L in goats and 0.29±0.06µmol/L in sheep. The mean Mo concentrations in the liver were 6.09±0.23mg/kg in goats and 6.22±0.15mg/kg in sheep. The mean serum Zn concentrations were 8.30±1.91µmol/L in goats and 8.63±2.22µmol/L in sheep. The mean Zn concentrations in the liver were 132.80±3.39mg/kg in goats and 130.70±2.99mg/kg in sheep. These results show low or marginal serum and liver concentrations of Cu and Zn, indicating that these minerals should be supplemented. The normal or even low concentrations of Mo and the high concentration of Fe suggest that Cu deficiency may be primary, due to low Cu ingestion, or secondary due to high Fe ingestion.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Silva T.R., Soares P.C., Dantas A.F.M., Marques A.V.S, Filho E.F.O., Aguiar G.M.N., Marques A.L.A. & Riet-Correa F. 2018. Serum and liver copper, iron, molybdenum and zinc concentrations in goats and sheep in the state of Paraíba, Brazil. [Concentrações sérica e hepática de cobre, ferro, molibdênio e zinco em ovinos e caprinos no estado da Paraíba.] Pesquisa Veterinária Brasileira 38(7):1313-1316. Hospital Veterinário, Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Patos, Patos, PB 58700-970, Brazil. E-mail: tatianerodrigues.vet@gmail.com Este estudo teve como objetivo determinar Cu, Fe, Mo e Zn no fígado e soro em ovinos e caprinos criados nas pastagens da região semiárida do Estado da Paraíba, Brasil, nas estações seca e chuvosa, e estabelecer se a deficiência de Cu e primaria ou secundaria a alta ingestão de Mo ou Fe. Cu, Zn, Mo, e Fe foram determinados por espectrometria de absorção atômica com plasma indutivamente acoplado (ICP-OES) em 253 amostras de fígado e soro selecionados aleatoriamente em um matadouro. As concentrações séricas de Cu nos caprinos e ovinos foram 11,82±3,28mmol/L e 10,97±3,61mmol/L, respectivamente. As concentrações de Cu no fígado foram de 160,37±11,77mg/kg em caprinos e 152,12±13,16mg/kg em ovinos. As concentrações séricas de Fe foram de 16,38±4,51mmol/L em caprinos e 25,41±9,76mmol/L em ovinos. As concentrações de Fe no fígado foram 189,37±6,51mg/kg em caprinos e 313.70±12,89mg/kg em ovinos. As concentrações séricas de Mo foram de 0,14±0,04mmol/L em caprinos e 0,29±0,06mmol/L em ovinos. As concentrações de Mo no fígado foram 6,09±0,23mg/kg em caprinos e 6,22±0,15mg/kg em ovinos. As concentrações séricas de Zn foram 8,30±1,91mmol/L em caprinos e 8,63±2,22mmol/L em ovinos. As concentrações de Zn no fígado foram 132,80±3,39mg/kg em cabras e 130,70±2,99mg/kg em ovelhas. Estes resultados mostram concentrações baixas ou marginais de Cu e Zn no soro e fígado indicando que estes minerais devem ser suplementados. As concentrações normais ou mesmo baixos de Mo e as altas concentrações de Fe sugerem que a deficiência de Cu pode ser primária, devido à baixa ingestão de Cu, ou secundária a alta ingestão de Fe.


#2 - Degenerative axonopathy associated with copper deficiency in pigs, 37(9):911-915

Abstract in English:

ABSTRACT.- Olinda R.G., Maia L.A., Frade M.T.S., Soares M.P., Barros S.S., Driemeier D., Riet-Correa F. & Dantas A.F.M. 2017. Degenerative axonopathy associated with copper deficiency in pigs. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(9):911-915. Programa de Pós-Graduação, em Medicina Veterinária, Hospital Veterinário, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universi­dade Federal de Campina Grande, Campus de Patos, Patos, PB 58700-000, Brazil. E-mail: rgumes@hotmail.com The epidemiological, clinic and morphological (pathological and ultrastructural) aspects of four outbreaks of copper deficiency affecting 21- to 90-day-old pigs in the Northeast region of Brazil are reported. Clinical signs began with paraparesis and ataxia and progressed to flaccid or spastic paralysis of the pelvic and thoracic limbs, followed by sternal and/or lateral recumbence. In addition, some animals showed dog-sitting position and intention tremors. The clinical manifestation period was 5-20 days. Significant gross lesions were not observed; however, microscopically, symmetrical degeneration of the white matter with ballooned myelin sheaths containing occasional macrophages was observed, mainly in the spinal cord. Two pigs presented with necrosis ad loss of Purkinje cells and ectopic Purkinje cells in the granular layer and cerebellar white matter. A ultrastructural analysis showed different degrees of damage of myelinated axons in the spinal segments, including an absence of the axoplasm structures with only axonal residues remaining. The myelin sheaths were degenerated and often collapsed into the space previously occupied by the axon. These results suggest that myelin degeneration is secondary to the axonal lesion. Finally, the concentration of copper in the liver was determined using atomic absorption spectrophotometry and was found to be low (ranging from 2.2 to 10.8 ppm). In conclusion, in the Brazilian semiarid region, Cu deficiency occurs in 21 to 90-day-old pigs that ingested different types of waste in their food.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Olinda R.G., Maia L.A., Frade M.T.S., Soares M.P., Barros S.S., Driemeier D., Riet-Correa F. & Dantas A.F.M. 2017. Degenerative axonopathy associated with copper deficiency in pigs. [Axonopatia degenerativa associada com deficiência de cobre em suínos.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(9):911-915. Programa de Pós-Graduação, em Medicina Veterinária, Hospital Veterinário, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universi­dade Federal de Campina Grande, Campus de Patos, Patos, PB 58700-000, Brazil. E-mail: rgumes@hotmail.com São relatados os achados epidemiológicos, clínicos e morfológicos (patológicos e ultraestruturais) de quatro surtos de deficiência de cobre em suínos afetados entre 21 e 90 dias de idade na região Nordeste do Brasil. Os sinais clínicos iniciaram com paraparesia e ataxia, que progrediu a paralisia flácida ou espástica dos membros pélvicos e torácicos, seguido de decúbito esternal e/ou lateral. Além disso, alguns animais apresentaram posição de cão sentado e tremores de intenção. O período de manifestação clínica variou de 5-20 dias. Não foram observadas lesões macroscópicas significativas; no entanto, microscopicamente, foi observada degeneração simétrica da substância branca com fragmentação das bainhas de mielina, contendo ocasionais macrófagos, principalmente na medula espinal. Dois suínos apresentaram necrose e perda de células de Purkinje e células de Purkinje ectópicos na camada granular da substância branca cerebelar. A análise ultraestrutural mostrou diferentes graus de lesões em axônios mielinizados em segmentos da medula espinhal, incluindo o desaparecimento de estruturas do axoplasma, restando apenas restos axonais. A bainha de mielina encontrava-se degenerada e muitas vezes, colapsada dentro do espaço previamente ocupado pelo axônio. Esses resultados sugerem que a degeneração da mielina é secundária à lesão axonal. Finalmente, a concentração do cobre no fígado foi determinada usando espectrometria de absorção atômica e revelou baixos valores (variando de 2,2-10,8ppm). Conclui-se que na região semiárida do Brasil ocorre deficiência de cobre em suínos de 21 a 90 dias de idade alimentados com diferentes tipos de resíduos.


#3 - Copper, zinc and iron content in the liver of buffaloes (Bubalus bubalis) with paratuberculosis, 36(1):24-28

Abstract in English:

ABSTRACT.- Belo Reis A.S., Brito M.F., Bomjardim H.A., Faial K.C.F., Salvarani F.M., Ubiali D.G., Oliveira C.M.C. & Barbosa J.D. 2016. [Copper, zinc and iron content in the liver of buffaloes (Bubalus bubalis) with paratuberculosis.] Teores de cobre, zinco e ferro no fígado de búfalos (Bubalus bubalis) com paratuberculose. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(1):24-28. Instituto de Medicina Veterinária, Campus de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.com In order to study copper, zinc and iron concentration in the liver of buffaloes with paratuberculosis (PTB), 13 buffalo cows above three years of age of the Murrah and Mediterranean races or their crosses were used. They originated from two farms in the municipalities of São Luís and São Mateus, state of Maranhão, Brazil. The animals were selected according to clinical signs of paratuberculosis, as diarrhea, dehydration and submandibular edema. Rectal biopsies for detection of Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis (Map) through PCR in real time (qPCR) and Ziehl-Neelsen (ZN) stain were performed on all animals. Seven buffaloes revealed positive and six were negative for PTB. They were separated into two groups: Group 1 contained seven buffaloes positive for paratuberculosis, and Group 2 contained six animals negative for paratuberculosis. They were euthanized and postmortem examination was performed for the collection of various tissue samples to be fixed in 10% formalin for histopathology; also liver tissue samples were collected to be frozen for chemical analysis of trace minerals (Cu, Zn and Fe). Postmortem showed that all buffaloes with PTB had brown colored mesenteric lymphnodes, indicating hemosiderosis. One buffalo had brown spots on the mucosa of the small intestine. Histopathology revealed moderate to severe hemosiderosis of the spleen in buffaloes of Group 1. All animals positive for PTB showed micromineral levels below the reference values. The average Cu concentration in buffaloes with PTB was only 18.0ppm and the one of Zn only 68.6ppm. In Group 2, negative for PTB, the average Cu concentration was 113.7ppm and the one of Zn 110.0ppm. Fe concentrations in buffaloes of both groups were high (>669ppm). The analysis of trace elements in the liver confirmed copper deficiency, but also showed low levels of zinc and high levels of iron. Based on clinical and pathological findings, and the micromineral concentrations found in the liver, it is concluded that paratuberculosis could lead to mineral deficiency and worsen the clinical condition of the buffaloes.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Belo Reis A.S., Brito M.F., Bomjardim H.A., Faial K.C.F., Salvarani F.M., Ubiali D.G., Oliveira C.M.C. & Barbosa J.D. 2016. [Copper, zinc and iron content in the liver of buffaloes (Bubalus bubalis) with paratuberculosis.] Teores de cobre, zinco e ferro no fígado de búfalos (Bubalus bubalis) com paratuberculose. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(1):24-28. Instituto de Medicina Veterinária, Campus de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.com Com o objetivo de realizar um estudo dos teores de cobre (Cu), zinco (Zn) e ferro (Fe) em búfalas com paratuberculose (PTB) foram utilizadas 13 búfalas, das raças Murrah, Mediterrâneo e seus mestiços acima de três anos de idade, pertencentes a duas propriedades localizadas nos municípios de São Luiz e São Mateus, no Estado do Maranhão. Os animais foram selecionados de acordo com a presença de sinais clínicos sugestivos de paratuberculose, caracterizados por estado nutricional regular a ruim, diarreia crônica líquida a semi-líquida, desidratação, edema submandibular, anestro prolongado, mastites e verminose gastrintestinal. Foi realizada biópsia retal em todos os animais, para detecção de Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis (Map) por meio da qPCR, e exames histopatológicos (HE e Ziehl-Neelsen). No Grupo1 sete animais foram positivos para presença de Map, e no Grupo 2 seis foram negativos. Todos os búfalos foram eutanasiados e necropsiados para coleta de diversos tecidos. Parte dos fragmentos foram fixados em formol a 10% para histopatologia e fragmentos de tecido hepático foram congelados para as dosagens dos microminerais (Cu, Zn e Fe). À necropsia todos os animais positivos para PTB apresentavam linfonodos mesentéricos de coloração castanha sugestiva de hemossiderose. Adicionalmente, em um animal foram observados pequenos pontos de cor marrom distribuídos difusamente na mucosa do intestino delgado. Na histopatologia foi observada hemossiderose moderada a acentuada no baço dos animais do Grupo 1. Na dosagem dos microminerais todos os animais com PTB apresentaram níveis abaixo dos valores de referência para Cu e Zn. Observou-se que a média dos teores de Cu dos búfalos com PTB foi 18,0ppm e de Zn 68,6ppm. No Grupo 2 a média dos teores de Cu foi 113,7ppm e de Zn 110,0ppm. Os teores de Fe em ambos os grupos foram elevados (>670ppm). Baseado nos achados clínico-patológicos e nas dosagens de minerais realizadas neste estudo, conclui-se que na região estudada, a PTB agravou o quadro clínico de animais com deficiência de Cu e Zn. Em áreas menos deficientes desses minerais sugere-se que a doença seja capaz de induzir quadros de deficiência mineral secundária.


#4 - Effects of organic and inorganic copper and sulphur supplementation on blood biochemical parameters in sheep, 35(11):875-881

Abstract in English:

ABSTRACT.- Conti R.M.C., Zanetti M.A., Saran Netto A., Rodrigues P.H.M., Pacheco J.C.G., Garrine C.M.L.P. & Yoshikawa C.Y.C. 2015. [Effects of organic and inorganic copper and sulphur supplementation on blood biochemical parameters in sheep.] Efeitos de fontes orgânicas de cobre e enxofre sobre os parâmetros bioquímicos no soro de ovinos. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(11):875-881. Departamento de Zootecnia, Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Av. Duque de Caxias Norte 225, Jardim Elite, Pirassununga, SP 13630-000, Brazil. E-mail: renataconti@usp.br Minerals are essential components in the diet, exercising various functions in the animal. There are many studies to find better results for the organic sources of minerals, and one of the reasons for that is to avoid the negative interactions. The metabolic profile helps in assessment of production indices, therefore analyzes blood biochemical components. The objective of this study was to investigate the effects of organic and inorganic copper and sulphur supplementation on blood biochemical parameters in sheep. The experiment was conducted at the FZEA/USP. Total 40 weaned sheep were divided in a completely randomized design with 10 treatments: 1) basal diet; 2) basal diet plus Mo; 3) basal diet + inorganic Cu + inorganic S; 4) basal diet + inorganic Cu + organic S; 5) basal diet + organic Cu + inorganic S; 6) basal diet + organic Cu + organic S; 7) diet plus Mo + inorganic Cu + inorganic S; 8) diet plus Mo + inorganic Cu + organic S; 9) diet plus Mo + organic Cu + inorganic S; 10) diet plus organic Cu + organic S. According each treatment was added 10mg kg-1 MS inorganic or organic Cu or 10mg kg-1 MS Mo or 0.2% S inorganic or organic. The animals were fed twice a day, a total of 3% of body weight. The experiment lasted 84 days, blood was sampled every 28 days to study glucose, urea, albumin, cholesterol and triglycerides. The parameters were analyzed with factorial structure 2 x 2 x 2 (with and without Mo, organic and inorganic Cu and organic and inorganic S) and a basal diet and a basal diet plus Mo, with 5% significance. Serum levels of glucose, urea, albumin and cholesterol showed no significant difference between treatment and time (p> 0.05). It observed means of 64.8mg dL- 1; 30.0mg dl -1; 2.78mg L -1; 72.2mg dL- 1 respectively for glucose, urea, albumin and cholesterol. Serum levels of triglycerides in the treatments (28.8; 34.8; 30.8; 36.9; 34.3; 27.0; 31.6; 32.1; 34.6; 31.1mg dL- 1) were influenced by interaction Cu x S, triglycerides decreased with Cu and S organic.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Conti R.M.C., Zanetti M.A., Saran Netto A., Rodrigues P.H.M., Pacheco J.C.G., Garrine C.M.L.P. & Yoshikawa C.Y.C. 2015. [Effects of organic and inorganic copper and sulphur supplementation on blood biochemical parameters in sheep.] Efeitos de fontes orgânicas de cobre e enxofre sobre os parâmetros bioquímicos no soro de ovinos. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(11):875-881. Departamento de Zootecnia, Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Av. Duque de Caxias Norte 225, Jardim Elite, Pirassununga, SP 13630-000, Brazil. E-mail: renataconti@usp.br Minerais são componentes essenciais na dieta, exercendo diversas funções no organismo animal onde o uso de sais orgânicos visa aumentar a disponibilidade dos minerais no trato digestório. O perfil metabólico auxilia na avaliação de índices produtivos, para tanto, se faz análises de componentes bioquímicos do sangue. O objetivo foi estudar os efeitos que fontes orgânicas e inorgânicas de cobre e enxofre possuem nos parâmetros bioquímicos. O experimento foi realizado na FZEA/USP, para tanto 40 ovinos foram distribuídos em 10tratamentos: 1) dieta basal; 2) dieta contendo Mo; 3) dieta basal+ Cu inorg + S inorg; 4) dieta basal + Cu inorg + S org; 5) dieta basal + Cu org + S inorg; 6) dieta basal + Cu org + S org; 7) dieta com Mo + Cu inorg + S inorg; 8) dieta com Mo + Cu inorg + S org; 9) dieta com Mo + Cu org + S inorg; 10) dieta com Mo + Cu org + S org. De acordo com cada tratamento houve a inclusão de 10mgkg-1 de MS de Cu inorgânico ou orgânico ou 10 mg kg-1 de MS de Mo ou 0,2% de S inorgânico ou orgânico. Os animais receberam dieta única duas vezes ao dia com inclusão de volumoso num total de 3% do peso vivo. O experimento teve duração de 84 dias, com coletas a cada 28 dias para estudo de glicose, ureia, albumina, colesterol, triglicerídeos. Os parâmetros foram analisados com estrutura fatorial 2 x 2 x 2 (com e sem Mo, Cu orgânico e inorgânico e S orgânico e inorgânico) e uma dieta basal e uma basal mais molibdênio, em delineamento inteiramente casualizado, com um nível de significância de 5%. Os teores séricos de glicose, ureia, albumina e colesterol não apresentaram diferença significativa entre tratamentos e tempo, tão pouco foram influenciados (p>0.05) pelos tratamentos, sendo as médias 64,8mg dL-1; 30,0mg dL-1; 2,78mg L-1; 72,2mg dL-1respectivamente, apresentando-se dentro da normalidade. Os teores de triglicerídeos nos tratamentos (28.8; 34.8; 30.8; 36.9; 34.3; 27.0; 31.6; 32.1; 34.6; 31.1mg dL-1) foram influenciados pela interação Cu x S.


#5 - Determination of copper and other minerals in goats and sheep of the San Francisco river valley in Pernambuco, Brazil, 35(9):767-774

Abstract in English:

ABSTRACT.- Silva Júnior S.S., Antonelli A.C., Soares G.W.N., Gomes I.M.M. & Rocha Filho J.F. 2015. [Determination of copper and other minerals in goats and sheep of the San Francisco river valley in Pernambuco, Brazil.] Determinação de cobre e outros minerais em caprinos e ovinos criados no sertão do vale do Rio São Francisco, Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(9):767-774. Departamento de Clínica Médica e Cirúrgica de Grandes Animais, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Rodovia BR-407 Km 12, Lote 543, Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho s/n, C1, Petrolina, PE 56300-990, Brazil. E-mail: salvador.veterinario@hotmail.com For the determination of copper concentration and its antagonists, 160 serum and liver samples were used, from goat and sheep sent to the municipal slaughterhouse of Petrolina. The samples were correlated with the same animal, in order to prevent errors in data collection. Serum ceruloplasmin activity was determined by colorimetric method. For determination of minerals, the samples were diluted six to twenty times with Milli-Q water. For determining concentrations of mineral elements in the liver, the samples were digested until achieving a solution that maintained the initial sample and minerals totally liquid, without the presence of solid particles which could clog the capillary suction of the spectrometer and prevent reading of samples. The concentrations of copper, molybdenum, iron and zinc were determined by optical emission spectrometry (ICP). Thus, the experiment was conducted to determine the occurrence and distribution of copper deficiency in the San Francisco valley of Pernambuco. No copper deficiency was revealed in this region of the state of Pernambuco, when the mean levels of hepatic copper were evaluated. Zinc levels were within a normal range, whereas iron levels were higher in sheep, and lower levels of molybdenum in goats. It was also found that the activity of ceruloplasmin was an indicator of serum copper.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Silva Júnior S.S., Antonelli A.C., Soares G.W.N., Gomes I.M.M. & Rocha Filho J.F. 2015. [Determination of copper and other minerals in goats and sheep of the San Francisco river valley in Pernambuco, Brazil.] Determinação de cobre e outros minerais em caprinos e ovinos criados no sertão do vale do Rio São Francisco, Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(9):767-774. Departamento de Clínica Médica e Cirúrgica de Grandes Animais, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Rodovia BR-407 Km 12, Lote 543, Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho s/n, C1, Petrolina, PE 56300-990, Brazil. E-mail: salvador.veterinario@hotmail.com Para a determinação dos teores de cobre e de seus antagonistas, foram utilizadas 160 amostras de soro e de fígados, de caprinos e ovinos enviados ao matadouro municipal de Petrolina. As amostras de fígado e soro foram correlacionadas para o mesmo animal, a fim de evitar erros na obtenção dos dados. No soro a atividade da ceruloplasmina foi determinada por método colorimétrico. Para a determinação dos minerais, as amostras foram diluídas de seis a vinte vezes com água Milli-Q. Para determinação das concentrações dos elementos minerais no fígado, as amostras foram digeridas até que se obtivesse uma solução que mantivesse os minerais da amostra inicial e que fosse totalmente liquida, sem a presença de partículas sólidas que pudessem obstruir os capilares de sucção do espectrômetro e assim impedir as leituras das amostras. As concentrações de cobre, molibdênio, ferro e zinco foram determinadas através de espectrometria óptica por emissão de plasma (ICP). Desta forma, foi conduzido o experimento objetivando determinar a ocorrência e distribuição da carência de cobre no território do sertão do vale do rio São Francisco em Pernambuco. Foi observado que não houve carência de cobre nesta região do estado de Pernambuco, quando se avaliou os níveis médios de cobre hepático,. Os níveis de zinco estavam dentro de um padrão de normalidade, enquanto que os níveis de ferro foram mais elevados em ovinos, e os níveis de molibdênio mais reduzidos em caprinos. Verificou-se também que a atividade de ceruloplasmina foi um indicador dos níveis séricos de cobre.


#6 - Sanitizer residues in the milk of cows which had passed through footbaths, 33(9):1076-1080

Abstract in English:

ABSTRACT.- Goulart D.S., Orlando-Goulart C.F.P., Silva J.A., Freitas S.L.R., Caetano L.B.U., Fioravanti M.C.S. & Silva L.A.F. 2013. Sanitizer residues in the milk of cows which had passed through footbaths. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(9):1076-1080. Escola de Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal de Goiás, Cx. Postal 24267, Campus Universitário, Goiânia, GO 74690-970, Brazil. E-mail: dsgvet@hotmail.com Copper sulfate and sodium hypochlorite are used in footbath solutions for the prevention and treatment of bovine digital diseases; however, data on the residues of such elements in milk are sparse in Brazil. This study evaluated the cost of applying the footbath treatment and the total amount of copper and chlorite residues in the milk of healthy cows after they had passed through these footbath solutions. Two groups of 7 cows each (GI and GII) were studied. In the case of GI, 1% sodium hypochlorite was used and for GII 5% copper sulfate was employed in the footbath. The milk samples were collected before the 7-day footbath treatment period (M0) and 24 h (M1), 48 h (M2), 72 h (M3) and 15 days (M15) after the last footbath. Statistical analysis to compare the different samples within each group was carried out by applying Friedman’s test, followed by Dunn’s test (p<0.05). It was concluded that the amount of total chlorites and copper in the milk of healthy cattle after routine daily footbaths for a period of 7 days presented some variations. However, the concentrations observed were considered insufficient to represent a risk to human health. The cost of the footbath solutions was found to be reasonable.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Goulart D.S., Orlando-Goulart C.F.P., Silva J.A., Freitas S.L.R., Caetano L.B.U., Fioravanti M.C.S. & Silva L.A.F. 2013. Sanitizer residues in the milk of cows which had passed through footbaths. [Resíduos de sanitizantes em vacas de leite após passagem por pedilúvio.] Pesquisa Veterinária Brasileira 33(9):1076-1080. Escola de Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal de Goiás, Cx. Postal 24267, Campus Universitário, Goiânia, GO 74690-970, Brazil. E-mail: dsgvet@hotmail.com O sulfato de cobre e o hipoclorito de sódio são empregados na prevenção e tratamento das enfermidades digitais dos bovinos, mas os valores residuais desses elementos foram pouco estudados. Neste estudo, avaliou-se a presença de resíduos de cobre e cloretos totais no leite de vacas saudáveis após passagens dos animais em pedilúvio contendo soluções formuladas com estas substâncias e estimou-se os custos das soluções. Utilizou-se 14 vacas saudáveis distribuídas em dois grupos (GI e GII) de sete animais cada. Em GI, empregou-se solução de hipoclorito de sódio a 1% e, em GII, sulfato de cobre a 5%. As amostras de leite foram colhidas antes da passagem pelo pedilúvio (M0), após 24 (M1), 48 (M2) e 72 (M3) horas, além de 15 dias (M15) subsequentes à última passagem. Na análise estatística, a comparação entre momentos dentro de cada grupo foi realizada com teste de Friedman, seguido pelo teste de Dunn’s (p<0,05). Concluiu-se que os valores de cloretos totais e de cobre no leite de bovinos saudáveis, após passagens diárias dos animais em pedilúvio por um período de sete dias, apresentaram algumas variações consideradas insuficientes para provocarem danos à saúde humana e as soluções medicamentosas não apresentaram custos exorbitantes.


#7 - Serum concentration of iron, copper, zinc and manganese in Pure-bred Lusitano horses, before and after exercise, 33(8):1045-1048

Abstract in English:

ABSTRACT.- Minini R.A.B., Laposy C.B., Neto H.B., Melchert A., Giuffrida R., De Rossi H. & Valle H.F.D. 2013. [Serum concentration of iron, copper, zinc and manganese in Pure-bred Lusitano horses, before and after exercise.] Concentrações de ferro, cobre, zinco e manganês em equinos da raça Puro-sangue Lusitano, antes e após exercício. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(8):1045-1048. Programa de Mestrado em Ciência Animal, Universidade do Oeste Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação-Unoeste, Rodov. Raposo Tavares Km 572, Bairro Limoeiro, Presidente Prudente, SP 19067-175, Brazil. E-mail: claposy@unoeste.br In order to evaluate the sera concentrations of iron, copper, zinc and manganese trace minerals in thirty Pure-bred Lusitano athlete horses before and after exercise certified by clinical and laboratory assessments were studied. Blood samples were taken before and after 20 minutes of a dairy trot and gallop slight training, perfomed in a sandy floor ring, to measure the mineral concentrations, by atomic absorption spectrophotometry. It was observed that after exercising, the serum activity of iron did not change (P=0.2365), whereas copper values have significantly risen after training (P<0.001). On the other hand, zinc and manganese trace minerals decreased after exercise (P<0.001). In conclusion, it is possible to consider that the short time exercise may trigger sweating and consequently to change the serum concentration of iron, cooper, zinc and manganese in Pure-bred Lusitano athlete horses.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Minini R.A.B., Laposy C.B., Neto H.B., Melchert A., Giuffrida R., De Rossi H. & Valle H.F.D. 2013. [Serum concentration of iron, copper, zinc and manganese in Pure-bred Lusitano horses, before and after exercise.] Concentrações de ferro, cobre, zinco e manganês em equinos da raça Puro-sangue Lusitano, antes e após exercício. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(8):1045-1048. Programa de Mestrado em Ciência Animal, Universidade do Oeste Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação-Unoeste, Rodov. Raposo Tavares Km 572, Bairro Limoeiro, Presidente Prudente, SP 19067-175, Brazil. E-mail: claposy@unoeste.br O presente trabalho objetivou determinar a atividade sérica dos microminerais ferro, cobre, zinco e manganês em 30 equinos atletas da raça Puro-sangue Lusitano (PSL), antes e depois de exercícios, atestados por avaliações clínicas e laboratoriais. Amostras de sangue foram colhidas, antes e imediatamente após 20 minutos de exercício físico de trote e galope suaves realizados em pista de areia, para a realização das dosagens dos microminerais. A concentração dos microelementos foi determinada por espectrofotometria de absorção atômica. Observou-se que após o exercício, a atividade sérica de ferro não sofreu variações (P=0,2365), enquanto os valores de cobre se elevaram significativamente após o treinamento (P<0,001). Já o zinco e o manganês diminuíram após o exercício (P<0,001). Pode-se concluir que o exercício físico de curta duração pode gerar sudorese capaz de alterar as concentrações séricas de ferro, cobre, zinco e manganês em cavalos atletas da raça Puro-sangue Lusitano.


#8 - Renal cortex copper concentration in acute copper poisoning in calves, 32(1):1-4

Abstract in English:

ABSTRACT.- Fazzio L.E., Mattioli G.A., Costa E.F., Picco S.J., Rosa D.E., Testa J.A. & Gimeno E.J. 2012. Renal cortex copper concentration in acute copper poisoning in calves. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(1):1-4. Facultad de Ciencias Veterinarias, Universidad Nacional de La Plata, calle 60 y 118, CC 296, B1900AVW, La Plata, Argentina. E-mail: fazzio@fcv.unlp.edu.ar The aim of this study was to estimate the diagnostic value of renal cortex copper (Cu) concentration in clinical cases of acute copper poisoning (ACP). A total of 97 calves that died due to subcutaneous copper administration were compiled in eleven farms. At least, one necropsy was conducted on each farm and samples for complementary analysis were taken. The degree of autolysis in each necropsy was evaluated. The cases appeared on extensive grazing calf breeding and intensive feedlot farms, in calves of 60 to 200 kg body weight. Mortality varied from 0.86 to 6.96 %, on the farms studied. The first succumbed calf was found on the farms between 6 and 72 hours after the susbcutaneous Cu administration. As discrepancies regarding the reference value arose, the local value (19.9 parts per million) was used, confirming the diagnosis of acute copper poisoning in 93% of the analyzed kidney samples. These results confirm the value of analysis of the cortical kidney Cu concentration for the diagnosis of acute copper poisoning.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Fazzio L.E., Mattioli G.A., Costa E.F., Picco S.J., Rosa D.E., Testa J.A. & Gimeno E.J. 2012. Renal cortex copper concentration in acute copper poisoning in calves. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(1):1-4. Facultad de Ciencias Veterinarias, Universidad Nacional de La Plata, calle 60 y 118, CC 296, B1900AVW, La Plata, Argentina. E-mail: fazzio@fcv.unlp.edu.ar O objetivo deste trabalho foi estimar o valor diagnóstico de concentração de cobre (Cu) no córtex do rim em casos clínicos da intoxicação cobre aguda (ACP). Um total de 97 bezerros foi compilado em onze fazendas. Pelo menos, uma necropsia foi realizada em cada caso e foram colhidas amostras para análise complementar. O grau de autólise em cada necropsia foi avaliado. Os casos aparecem em criação extensiva e também em fazendas de confinamento intensivo. Os pesos dos animais variavam de 60 até 200 kg. Mortalidade variou entre 0,86 e 6,96%, em todas as fazendas estudadas, o primeiro animal morto foi observado entre 6 e 72 horas após à administração parenteral de Cu. Surgirem discrepâncias em relação ao valor de referência a ser usado. O valor local (19. 9 partes por milhão) foi usado, confirmando o diagnóstico de intoxicação aguda de cobre em 93% das amostras analisadas nos rins. Estes resultados confirmam o valor diagnóstico da concentração de Cu no rim córtex para o diagnóstico de ACP.


#9 - Serum and liver concentrations of copper, iron, zinc and molybdenum in sheep and goats in the state of Pernambuco, 31(5):398-406

Abstract in English:

ABSTRACT.- Marques A.V.S., Soares P.C, Riet-Correa F., Mota I.O., Silva T.L.A., Borba Neto A.V., Soares F.A.P. & Alencar S.P. 2011. [Serum and liver concentrations of copper, iron, zinc and molybdenum in sheep and goats in the state of Pernambuco.] Teores séricos e hepáticos de cobre, ferro, molibdênio e zinco em ovinos e caprinos no estado de Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 31(5):398-406. Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: psoares@dmv.ufrpe.br The aim of this research was to determine serum and liver concentrations of Cu, Mo, Fe and Zn in sheep and goats slaughtered in the semiarid region of the state of Pernambuco, northeastern Brazil, during the rainy and dry seasons, and to establish if Cu deficiency which occurs in the region is primary or secondary to high levels of Mo and/or Fe. Serum and liver samples from 141 goats and 141 sheep were submitted to wet digestion in nitric-perchloric acid and analyzed by coupled plasma atomic absorption spectrophotometry (ICPOES). The mean serum concentrations of Cu were 9.85±2.71µmol/L in sheep and 11.37±2.57µmol/L in goats. Mean Cu liver concentrations were 158.45±83.05mg/kg in sheep and 152.46±79.58mg/kg in goats. Mean serum concentrations of Fe were 35.58±14.89µmol/L in sheep and 25.06±8.10µmol/L in goats. Mean liver concentrations of Fe were 156.10±55.99mg/kg in sheep and 210.53±121.99mg/kg in goats. Mean serum concentrations of Mo were 0.28±0.11µmol/L in goats and 0.31±0.16µmol/L in sheep. Mean liver concentrations of Mo were 6.53±4.13mg/kg in goats and 8.10±4.01mg/kg in sheep. Mean serum concentrations of Zn were 11.9±6.07µmol/L in sheep and 11.79±7.42µmol/L in goats. Mean liver concentrations of Zn were 126.43±51.50mg/kg in sheep and 132.91±55.28mg/kg in goats. Based on Cu serum and liver concentrations and on the sporadic occurrence of enzootic ataxia, Cu supplementation is recommended for grazing sheep and goats during the dry and the rainy seasons. Considering that serum and hepatic concentrations of Fe and Mo are within normal ranges or are marginal, it is suggested that the low Cu concentrations are not related with high Fe or Mo ingestion. Non significant differences were observed between serum and liver con-centrations of Cu and Mo, and between serum concentrations of Fe in samples collected during the rainy season and the dry season. Liver concentrations of Fe and serum and liver concentrations of Zn were significantly higher during the rainy season. Taking into account that serum and liver Zn concentrations in sheep and goats are considered marginal, supple-mentation with Zn is suggested for grazing sheep and goats, mainly during the dry season. O trabalho objetivou conhecer os teores de Cu, Mo, Fe e Zn em soro e fígado de ovinos e caprinos criados na região semiárida do estado de Pernambuco e abatidos nas épocas da chuva e seca, e estabelecer se a carência de Cu é causada por deficiência primária de Cu ou secundária à ingestão de quantidades excessivas de Fe ou Mo. Amostras de soro e fígado de 141 ovinos e 141 caprinos foram submetidas à digestão úmida em ácido nítrico-perclórico e, posteriormente, analisados em espectrofotômetro de absorção atômica indutivamente acoplado (ICPOES). A concentração sérica de Cu em caprinos teve uma média de 9,85±2,71µmol/L e em caprinos de 11,37±2,57µmol/L, enquanto que a concentração hepática média foi de 158,45±83,05mg/kg para ovinos e 152,46±79,58mg/kg pa-ra caprinos. Os teores séricos de Fe foram de 35,58± 14,89µmol/L em ovinos e de 25,06±8,10µmol/L em caprinos e as concentrações no fígado foram de 156,10±55,99mg/kg em ovinos e 210,53±121,99mg/kg em caprinos. As concentrações médias séricas de Mo foram de 0,28±0,11µmol/L em caprinos e 0,31±0,16µmol/L em ovinos, enquanto que no fígado sua concentração foi de 6,53±4,13mg/kg e 8,10± 4,01mg/kg, respectivamente. A concentração sérica de Zn foi de 11,9±6,07µmol/L em ovinos e 11,79±7,42µmol/L em caprinos e a concentração no fígado foi de 126,43 ±51,50mg/kg e 132,91±55,28mg/kg em ovinos e caprinos, respectivamente. Verificou-se variação na concentração destes minerais considerando os fatores de variação, como o período sazonal, espécie e sexo. Baseado nos valores observados, considerados marginais, e na ocorrência de surtos de ataxia enzoótica em caprinos e ovinos na região, recomenda-se a suplementação com Cu em animais a campo, tanto na seca quanto na chuva. Considerando as concentrações séricas e hepáticas de Fe e Mo, sugere-se que as concentrações marginais de Cu não estejam diretamente relacionadas com o excesso destes minerais. Não foram encontradas diferenças significantes nas concentrações séricas e hepáticas de Cu e Mo e nas concentrações séricas de Fe entre as amostras coletadas na época da chuva a as coletadas na época seca. As concentrações hepáticas de Fe e as concentrações séricas e hepáticas de Zn foram significativamente maiores na época da chuva. Considerando que os teores de Zn sérico encontram-se abaixo dos valores considerados como marginais e os hepáticos dentro do limite de normalidade, embora próximos ao limite inferior da referência, recomenda-se a suplementação com Zn, principalmente durante o período da seca.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Marques A.V.S., Soares P.C, Riet-Correa F., Mota I.O., Silva T.L.A., Borba Neto A.V., Soares F.A.P. & Alencar S.P. 2011. [Serum and liver concentrations of copper, iron, zinc and molybdenum in sheep and goats in the state of Pernambuco.] Teores séricos e hepáticos de cobre, ferro, molibdênio e zinco em ovinos e caprinos no estado de Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 31(5):398-406. Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: psoares@dmv.ufrpe.br O trabalho objetivou conhecer os teores de Cu, Mo, Fe e Zn em soro e fígado de ovinos e caprinos criados na região semiárida do estado de Pernambuco e abatidos nas épocas da chuva e seca, e estabelecer se a carência de Cu é causada por deficiência primária de Cu ou secundária à ingestão de quantidades excessivas de Fe ou Mo. Amostras de soro e fígado de 141 ovinos e 141 caprinos foram submetidas à digestão úmida em ácido nítrico-perclórico e, posteriormente, analisados em espectrofotômetro de absorção atômica indutivamente acoplado (ICPOES). A concentração sérica de Cu em caprinos teve uma média de 9,85±2,71µmol/L e em caprinos de 11,37±2,57µmol/L, enquanto que a concentração hepática média foi de 158,45±83,05mg/kg para ovinos e 152,46±79,58mg/kg pa-ra caprinos. Os teores séricos de Fe foram de 35,58± 14,89µmol/L em ovinos e de 25,06±8,10µmol/L em caprinos e as concentrações no fígado foram de 156,10±55,99mg/kg em ovinos e 210,53±121,99mg/kg em caprinos. As concentrações médias séricas de Mo foram de 0,28±0,11µmol/L em caprinos e 0,31±0,16µmol/L em ovinos, enquanto que no fígado sua concentração foi de 6,53±4,13mg/kg e 8,10± 4,01mg/kg, respectivamente. A concentração sérica de Zn foi de 11,9±6,07µmol/L em ovinos e 11,79±7,42µmol/L em caprinos e a concentração no fígado foi de 126,43 ±51,50mg/kg e 132,91±55,28mg/kg em ovinos e caprinos, respectivamente. Verificou-se variação na concentração destes minerais considerando os fatores de variação, como o período sazonal, espécie e sexo. Baseado nos valores observados, considerados marginais, e na ocorrência de surtos de ataxia enzoótica em caprinos e ovinos na região, recomenda-se a suplementação com Cu em animais a campo, tanto na seca quanto na chuva. Considerando as concentrações séricas e hepáticas de Fe e Mo, sugere-se que as concentrações marginais de Cu não estejam diretamente relacionadas com o excesso destes minerais. Não foram encontradas diferenças significantes nas concentrações séricas e hepáticas de Cu e Mo e nas concentrações séricas de Fe entre as amostras coletadas na época da chuva a as coletadas na época seca. As concentrações hepáticas de Fe e as concentrações séricas e hepáticas de Zn foram significativamente maiores na época da chuva. Considerando que os teores de Zn sérico encontram-se abaixo dos valores considerados como marginais e os hepáticos dentro do limite de normalidade, embora próximos ao limite inferior da referência, recomenda-se a suplementação com Zn, principalmente durante o período da seca.


#10 - Levels of phosphorus, copper, cobalt and zinc in water buffaloes (Bubalus bubalis) on Marajo Island, Pará, 31(3):193-198

Abstract in English:

ABSTRACT.- Pinheiro C.P., Bomjardim H.A., Andrade S.J.T., Faial K.C.F., Oliveira C.M.C. & Barbosa J.D. 2011. [Levels of phosphorus, copper, cobalt and zinc in water buffaloes (Bubalus bubalis) on Marajo Island, Pará.] Níveis de fósforo, cobre, cobalto e zinco em bubalinos (Bubalus bubalis) na Ilha de Marajó, Estado do Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira 31(3):193-198. Central de Diagnóstico Veterinário, Universidade Federal do Pará, Campus Castanhal, Rua Maximino Porpino da Silva 1000, Pirapora, Castanhal, PA 68740-080, Brazil. E-mail: cleytonpinheiro@hotmail.com The study comprised 104 adults buffaloes, without distinction of race and sex, reared extensively, without supplementation, in native pastures of low nutritional quality, in the municipalities of Breves, Cachoeira do Arari, Salvaterra and Soure, Marajo Island, Pará. Samples of liver, bone and blood were collected from 26 animals in the municipality of Salvaterra, from 38 animals in the municipality of Soure, from 20 animals in the municipality of Breves and from 20 animals in the municipality of Cachoeira do Arari. Determination of the levels of phosphorus in the blood serum and bone ash, and of the specific gravity of bone, and of cobalt, copper and zinc in liver tissue were performed. The average phosphorus concentrations in blood serum (6.26mg/dl) and bone (10.77%), the percentage of ash (60.87%) and specific gravity (1.59g/ml) of bone were lower than the critical levels established for cattle, characterizing phosphorus deficiency. The average concentrations of copper (5.57ppm) and zinc (27.05ppm) was considered low when compared with reference values, characterizing deficiency for these elements. In the case of cobalt when considering the detectable and undetectable values by the methodology, it was observed that 51.92% of the animals had levels below the reference, indicating the occurrence of cobalt deficiency in these animals. It is emphasized that the deficiencies of copper and zinc were the most severe since all animals studied showed deficient levels of these elements.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Pinheiro C.P., Bomjardim H.A., Andrade S.J.T., Faial K.C.F., Oliveira C.M.C. & Barbosa J.D. 2011. [Levels of phosphorus, copper, cobalt and zinc in water buffaloes (Bubalus bubalis) on Marajo Island, Pará.] Níveis de fósforo, cobre, cobalto e zinco em bubalinos (Bubalus bubalis) na Ilha de Marajó, Estado do Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira 31(3):193-198. Central de Diagnóstico Veterinário, Universidade Federal do Pará, Campus Castanhal, Rua Maximino Porpino da Silva 1000, Pirapora, Castanhal, PA 68740-080, Brazil. E-mail: cleytonpinheiro@hotmail.com Foram estudados 104 bubalinos, adultos, sem distinção de raça e sexo, criados extensivamente, sem suplementação, em pastagens nativas de baixa qualidade nutricional, dos municípios de Breves, Cachoeira do Arari, Salvaterra e Soure, Ilha de Marajó, Pará. Realizou-se coleta de amostras de fígado, osso e sangue de 26 animais do município de Salvaterra, 38 animais do município de Soure, 20 animais do município de Breves e 20 animais do município de Cachoeira do Arari. Foram realizadas determinações dos teores de fósforo, no soro sanguíneo e no osso, do percentual de cinzas e da densidade específica no tecido ósseo, e de cobalto, cobre e zinco no tecido hepático. Observou-se que a média das concentrações de fósforo no soro sanguíneo (6,26mg/dl) e no osso (10,77%), a percentagem de cinzas (60,87%) e a densidade específica (1,59g/ml) do osso foram inferiores aos níveis críticos estabelecidos para bovinos, caracterizando deficiência de fósforo. As concentrações médias de cobre (5,57ppm), e zinco (27,05ppm) foram consideradas baixas quando comparadas com valores de referência, caracterizando deficiência para estes elementos. No caso do cobalto, quando se considerou os valores detectáveis e não detectáveis pela metodologia observou-se que 51,92% dos animais apresentaram níveis inferiores aos de referência, demonstrando a ocorrência da deficiência de cobalto nesses animais. Ressalta-se que as deficiências de cobre e zinco demonstraram uma maior gravidade já que todos os animais estudados apresentaram níveis deficientes nesses elementos.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV