Resultado da pesquisa (20)

Termo utilizado na pesquisa growth

#1 - Osteopontin expression and its relationship with prognostic biomarkers in canine mammary carcinomas

Abstract in English:

Osteopontin is a glycophosphoprotein implicated in different physiologic and pathologic processes and is known to be involved in progression and metastasis of various cancers in humans, but this relation is still little explored in the veterinary. The aim was to evaluate the expression of osteopontin in canine mammary carcinomas and its relation with well-established canine mammary tumor biomarkers. For that, expression of OPN, EGFR, HER2, and c-Kit were evaluated along with Ki67 rate in 43 mammary carcinomas. Osteopontin was demonstrated to be expressed by neoplastic epithelial cells in all carcinomas as well as in stromal cells from the tumor microenvironment. Relation between high osteopontin expression and EGFR positivity (P<0.001) and HER2 overexpression (P=0.012) was demonstrated. In conclusion, high OPN expression seems to be related to poor prognosis and MAPK pathway activation, given the association with EGFR and HER2, members of the MAPK signaling pathway.

Abstract in Portuguese:

A osteopontina é uma glicofosfoproteina implicada em diferentes processos fisiológicos e patológicos, sendo conhecida por estar envolvida na progressão e metástase de vários cânceres nos humanos, no entanto, essa relação é ainda pouco explorada na veterinária. O objetivo deste trabalho foi avaliar a expressão da osteopontina nos carcinomas mamários caninos e sua relação com biomarcadores bem estabelecidos para esta neoplasia. Para isto, foi avaliada a expressão de OPN, EGRH, HER2 e c-Kit juntamente com a taxa de Ki67 em 43 carcinomas mamários. A osteopontina foi expressa pelas células epiteliais neoplásicas em todos os carcinomas, assim como, nas células estromais do microambiente tumoral. Foi demonstrada uma relação entre uma alta expressão de osteopontina e positividade para EGFR (P<0.001) e superexpressão de HER2 (P=0.012). Em conclusão, alta expressão de OPN parece estar relacionada com mau prognóstico e ativação da via MAPK, devido a sua associação com EGRF e HER2, os quais são membros desta via de sinalização.


#2 - Poisoning by Brachiaria spp. in various lamb breeds at increasing levels of supplementation during growth

Abstract in English:

The study evaluate the frequency of poisoning by Brachiaria spp. at the rearing, growth and termination stages in various lamb breeds at increasing supplementation levels. Forty‑five lambs were used in the growth phase in pastures of Brachiaria spp. with a history of having induced poisoning. The lambs were distributed in nutritional treatments: lambs receiving mineral supplementation (MS), energy/protein supplementation (EPS) at 0.8% of body weight (bw), EPS at 1.6% bw and EPS at 2.4% bw. The lambs were allotted two flocks (F1 and F2) of 21 and 24 lambs each. Clinical signs of poisoning were observed in all treatments. All MS lambs died. The frequency of poisoning were highest in the 0.8% EPS and 1.6% EPS treatments. All lambs in the 2.4% EPS treatment recovered. F1 lambs had a higher frequency of poisoning than F2 lambs regardless of nutritional treatment. Morbidity rates for the F1 and F2 lambs were 52.3 and 16.7%, respectively. Supplementation was not sufficient to decrease the frequency of poisoning in lambs at the termination stage, which was dependent on the genetic origin of the lambs. EPS of 2.4% bw treatment, was an efficient nutritional strategy to minimize the effects of poisoning in lambs fed on Brachiaria spp.

Abstract in Portuguese:

O objetivo deste estudo foi avaliar a frequência da intoxicação por Brachiaria spp. nas fases de recria, crescimento e terminação em várias raças de cordeiros em níveis crescentes de suplementação. Quarenta e cinco cordeiros foram utilizados na fase de crescimento em pastagens de Brachiaria spp. com história de intoxicação, distribuídos em diferentes tratamentos nutricionais: cordeiros recebendo suplementação mineral (SM), suplementação energética/protéica (SEP) a 0,8% do peso vivo (pv), SEP a 1,6% pv e SEP a 2,4% pv. Vinte e um cordeiros vieram do lote F1 e 24 cordeiros foram do lote F2. Sinais clínicos de intoxicação foram observados em todos os tratamentos. Todos os cordeiros com MS morreram. As frequências de intoxicação foram maiores nos tratamentos com 0,8% e 1,6% de SEP. Todos os cordeiros no tratamento com 2,4% de SEP se recuperaram. Cordeiros F1 apresentaram maior frequência de intoxicação que os cordeiros F2, independentemente do tratamento nutricional. As taxas de morbidade para os cordeiros F1 e F2 foram de 52,3 e 16,7%, respectivamente. A suplementação não foi suficiente para diminuir a freqüência de intoxicação em cordeiros na fase de terminação, dependente da origem genética dos cordeiros. O SEP de 2,4% pv, no entanto, foi eficiente para minimizar os efeitos da intoxicação em cordeiros alimentados com Brachiaria spp.


#3 - DNA damage and primordial follicle activation after in vitro culture of sheep ovarian cortex in Morus nigra leaf extract

Abstract in English:

This study evaluated the effect of Morus nigra leaf extract, with or without supplementation, on morphology, activation and DNA damage of preantral follicles cultured within sheep ovarian tissue. Ovaries were collected and divided into fragments, being one fixed for histological and Terminal deoxynucleotidyl transferase (TdT) mediated dUTP nick-end labeling (TUNEL) analysis (fresh control). The remaining fragments were cultured for 7 days in alpha minimum essential media (α-MEM) supplemented with bovine serum albumin (BSA), insulin, transferrin, selenium, glutamine, hypoxanthine and ascorbic acid (α-MEM+; control medium) or into medium composed of M. nigra extract without supplements (0.1; 0.2 or 0.4mg/mL) or supplemented with the same substances described above for α-MEM+ (MN 0.1+; 0.2+ or 0.4+mg/mL). Then, tissues were destined to histological and TUNEL analysis. The α-MEM+ treatment had more morphologically normal follicles than all M. nigra extract treatments. However, α-MEM+ treatment also showed signs of atresia because the percentage of TUNEL positive cells was similar in α-MEM+ and in 0.1mg/mL M. nigra without and with supplements. Moreover, a reduction in the primordial follicles and an increase in the growing ones were observed in all treatments, except 0.2mg/mL M. nigra. In conclusion, the follicles cultured at 0.1mg/mL M. nigra extract were in good condition and able to continue their development, as demonstrated by the same rates of DNA damage and follicular activation as the control medium.

Abstract in Portuguese:

Este estudo avaliou o efeito do extrato das folhas de Morus nigra, com ou sem suplementos, sobre a morfologia, a ativação e o dano ao DNA de folículos pré-antrais cultivados inclusos em tecido ovariano. Os ovários foram coletados e divididos em fragmentos, sendo um fixado para análise histológica e ensaio de marcação de terminações dUTP mediada por desoxinucleotidil transferase terminal (TUNEL) (controle fresco). Os fragmentos restantes foram cultivados durante 7 dias em meio essencial mínimo alfa (α-MEM) suplementado com albumina sérica bovina (BSA), insulina, transferrina, selênio, glutamina, hipoxantina e ácido ascorbico (α-MEM+; meio controle) ou em meio composto de extrato de M. nigra sem suplementos (0,1; 0,2 or 0,4mg/mL) ou suplementado com as mesmas substâncias descritas para α-MEM+ (MN 0,1+; 0,2+ or 0,4+mg/mL). Então, os tecidos foram destinados à análise histológica e TUNEL. O tratamento do α-MEM+ apresentou mais folículos morfologicamente normais que todos os tratamentos do extrato de M. nigra. No entanto, o tratamento com α-MEM+ também mostrou sinais de atresia, pois a porcentagem de células TUNEL positivas foi semelhante em α-MEM+ e em 0,1mg/mL M. nigra sem e com suplementos. Além disso, observou-se uma redução nos folículos primordiais e um aumento nos folículos em crescimento em todos os tratamentos, exceto 0,2mg/mL M. nigra. Em conclusão, os folículos cultivados com 0,1mg/mL de extrato de M. nigra estavam em boas condições e aptos a continuar seu desenvolvimento, como demonstrado pelas taxas de dano ao DNA e de ativação folicular semelhantes ao meio controle.


#4 - Weight and morphometric growth of Pacu (Piaractus mesopotamicus), Tambaqui (Colossoma macropumum) and their hybrids from spring to winter

Abstract in English:

This study aimed to evaluate weight and morphometric growth of the products of the complete diallel cross-breeding between pacu and tambaqui during the period from the end of spring to the beginning of winter. Was used 400 pacu, tambaqui, tambacu and paqui. 20 fish from each group were collected, weighed and submitted to morphometric evaluation every 28 days. The Logistic function adjusted better to describe the growth in body weight and the morphometric measures for age on all the genetic groups. The studied groups presented similar behavior of growth for body weight and morphometric measures. There were significant differences between the genetic groups regarding parameters A (asymptotic value) and B (integration constant) for body weight and for all the morphometric measures evaluated. For the parameter K (maturity rate), there were significant difference between groups for body weight, head length and body height. The groups possibly were affected the decrease of temperature. The Tambacu was superior to the Paqui in all the variables evaluated for the parameter A, and was also superior to the pure breed, except for head length and body width.

Abstract in Portuguese:

Este estudo teve como objetivo avaliar o peso e crescimento morfométrico dos produtos do cruzamento dialélico completo entre pacu e tambaqui. 20 peixes de cada grupo foram coletados, pesados e submetidos à análise morfométrica a cada 28 dias. O modelo que obteve o maior coeficiente de determinação e que melhor se ajuste ao método de Akaike foi verificado. A função logística foi ajustada para melhor descrever o crescimento do peso corporal e as medidas morfométricas para a idade em todos os grupos genéticos. Os quatro grupos estudados apresentaram comportamento semelhante para o peso corporal, bem como para as medidas morfométricas. Houve diferenças significativas entre os grupos genéticos sobre os parâmetros A (valor assintótico) e B (constante de integração) para o peso corporal e para todas as medidas morfométricas avaliadas. Para o parâmetro K (taxa de maturação), houve diferença significativa entre os grupos para o peso corporal, comprimento da cabeça e altura do corpo. Os grupos possivelmente foram afetados pela diminuição da temperatura. O tambacu foi superior ao Paqui em todas as variáveis avaliadas para o parâmetro A, e também foi superior para a raça pura, exceto para o comprimento e largura do corpo de cabeça.


#5 - Standardization of ELISA for the measurement of Insulin-Like Growth Factor I (IGF-I) in bovine plasm, 37(12):1545-1553

Abstract in English:

ABSTRACT.- Maioli M.A. & Nogueira G.P. 2017. [Standardization of ELISA for the measurement of Insulin-Like Growth Factor I (IGF-I) in bovine plasm.] Padronização da quantificação do fator de crescimento semelhante a insulina I (IGF-I) em plasma bovino por ELISA. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(12):1545-1553. Departamento de Apoio a Produção e Saúde Animal, Faculdade de Medicina Veterinária de Araçatuba, Universidade Estadual Paulista, Unesp-Araçatuba, Rua Clóvis Pestana 793, Araçatuba, SP 16050-680, Brazil. E-mail: maioli_marcos@hotmail.com This study aimed to standardize an in house competitive enzyme-linked immunosorbent assay (cELISA) to determine plasma concentrations of total insulin-like growth factor I (IGF-I) for the bovine specie using the amplification biotin-streptavidin peroxidase system. The IGF-I was extracted from insulin-like growth factor binding proteins (IGFBPs) using the acidified glycine buffer followed by the pH neutralization with sodium hydroxide. The microplates were coated with anti-rabbit IgG, thereafter the measurements were carried out using two approaches, one with a prior incubation of samples with the anti-h-IGF-I antibody and another without previous incubation (simultaneous addition of IGF-I and biotinylated sample). The best results were obtained using the method without the prior incubation, using the following combination of reagents: microplates were coated with 0.25µg/well of anti-rabbit IgG, the specific antibody at a dilution of 1:250,000 and 0.06ng/well of biotinylated IGF-I. The in house methodology showed sensitivity of 50ng/ml, a correlation between doses of 0.945 when compared to a commercial method. In addition, after 33 assays (quantification of 1114 samples) the proposed methodology presented a good precision, with inter-assay variation coefficients of 12.94% and 20.71% for the high and low controls, respectively. Finally, we concluded that ELISA method for the quantification of total IGF-I using the system biotin-streptavidin-peroxidase amplification in a competitive assay is established and is presented as a useful tool for studies aimed at monitoring the IGF-I concentrations.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Maioli M.A. & Nogueira G.P. 2017. [Standardization of ELISA for the measurement of Insulin-Like Growth Factor I (IGF-I) in bovine plasm.] Padronização da quantificação do fator de crescimento semelhante a insulina I (IGF-I) em plasma bovino por ELISA. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(12):1545-1553. Departamento de Apoio a Produção e Saúde Animal, Faculdade de Medicina Veterinária de Araçatuba, Universidade Estadual Paulista, Unesp-Araçatuba, Rua Clóvis Pestana 793, Araçatuba, SP 16050-680, Brazil. E-mail: maioli_marcos@hotmail.com Esse estudo teve como objetivo a padronização de um ensaio imunoenzimático competitivo (cELISA) in house para a determinação das concentrações plasmáticas do fator de crescimento semelhante a insulina I (IGF-I) total para a espécie bovina, utilizando o sistema de amplificação biotina-estreptavidina peroxidase. O IGF-I foi extraído das proteínas ligadoras do fator de crescimento semelhante a insulina I (IGFBP), utilizando o tampão glicina acidificado seguido de neutralização do pH com hidróxido de sódio. As microplacas foram sensibilizadas com anti IgG de coelho, e as dosagens realizadas utilizando duas abordagens, um método com incubação prévia das amostras com o anticorpo anti-h-IGF-I e outro sem incubação prévia (adição simultânea de IGF-I biotilinado e amostra). Os melhores resultados foram obtidos utilizando o método sem incubação prévia, com a sensibilização da placa com 0,25&#956;g/poço de anti-IgG de coelho, o anticorpo específico na diluição 1:250.000 e 0,06ng/poço de IGF-I biotinilado. O ensaio in house apresentou um limite inferior de detecção de 50ng/mL, uma correlação de 0,945 entre doses quando comparado a uma metodologia comercial. Os coeficientes de variação inter-ensaio de 12,94% (345,8ng/mL) para os controles alto e 20,71% (131,6ng/mL) para o baixo. Dessa forma, conclui-se que a metodologia imunoenzimática para quantificação de IGF-I total utilizando o sistema de amplificação biotina-estreptavidina peroxidase em um ensaio competitivo está estabelecida e apresenta-se como uma ferramenta útil para estudos que visem o monitoramento das concentrações de IGF-I.


#6 - Performance and morphology of the intestinal mucosa of broilers during growth, with or without nucleotides, at different protein levels, 35(3):291-296

Abstract in English:

ABSTRACT.- Faveri J.C., Murakami A.E., Potença A., Eyng C., Marques A.F.Q. & Santos T.C. 2015. [Performance and morphology of the intestinal mucosa of broilers during growth, with or without nucleotides, at different protein levels.] Desempenho e morfologia intestinal de frangos de corte na fase de crescimento, com e sem adição de nucleotídeos na dieta, em diferentes níveis protéicos. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(3):291-296. Departamento de Zootecnia, Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, Universidade Estadual de Maringá, Av. Colombo 5790, Maringá, PR 87020-900, Brazil. E-mail: jufaveri@yahoo.com.br The experiment was conducted to evaluate the performance and intestinal morphology of growing broilers, with and without addition of nucleotides in the diet at different protein levels. A total of 868 21-day-old male Cobb broiler chicks were used in a completely randomized design. The diets were: control with high crude protein (18.86%) and low crude protein (16.80%), both without nucleotides, meeting the requirement of 1.062% digestible lysine; and five treatments with the addition of 0.5 kg of nucleotides/ton of feed, with different levels of digestible lysine (1.262%, 1.162%, 1.062%, 0962% and 0.862%), all formulated based on the low-protein diet (16.80%), with four replications each. Feed intake (g) decreased linearly (P&#8804;0.05) in the period from 20 to 27, 20 to 35, and 20 to 42 days of age; feed intake decreased by increasing levels of lysine in the diet. Feed-to-gain ratio showed a quadratic effect (P&#8804;0.05) for birds of the period from 20 to 27, 20 to 35 and 20 to 42 days of age, decreasing as levels of digestible lysine increased, with minimum levels reaching 1.119%, 1.187% and 1.132% digestible lysine, respectively. The diet with 1.062% of lysine did not differ (P>0.05) from the negative control for villus height and crypt depth in the duodenum.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Faveri J.C., Murakami A.E., Potença A., Eyng C., Marques A.F.Q. & Santos T.C. 2015. [Performance and morphology of the intestinal mucosa of broilers during growth, with or without nucleotides, at different protein levels.] Desempenho e morfologia intestinal de frangos de corte na fase de crescimento, com e sem adição de nucleotídeos na dieta, em diferentes níveis protéicos. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(3):291-296. Departamento de Zootecnia, Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, Universidade Estadual de Maringá, Av. Colombo 5790, Maringá, PR 87020-900, Brazil. E-mail: jufaveri@yahoo.com.br O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o desempenho e a morfologia intestinal de frangos de corte na fase de crescimento, com e sem adição de nucleotídeos na dieta, em diferentes níveis proteicos. Foram utilizados 868 pintos de cortes machos de 21 dias de idade, da linhagem Cobb, submetidos a um delineamento inteiramente casualizado. As dietas foram compostas por dois controles, de alta e baixa proteína bruta, com 18,86% e 16,80% respectivamente, com a exigência de 1,062% de lisina digestível. Tendo como base a dieta controle de baixa proteína foram traçados mais cinco tratamentos com adição de 0,5 kg de nucleotídeos/ton de ração, e diferentes níveis de lisina digestível: 1,262%, 1,162%, 1,062%, 0962% e 0,862%, com quatro repetições cada. O consumo alimentar (g) diminuiu linearmente (P&#8804;0,05) no período de 20 a 27, de 20 a 35 e de 20 a 42 dias de idade, em que aumentando os níveis de lisina digestível na dieta, observou-se diminuição no consumo de ração. A conversão alimentar teve efeito quadrático (P&#8804;0,05) para as aves do período de 20 a 27, de 20 a 35 e de 20 a 42 dias de idade, diminuindo à medida que os níveis de lisina digestível aumentaram, atingindo o mínimo com 1,119, 1,187 e 1,132% de lisina digestível, respectivamente. A dieta com 1,062% de lisina digestível não diferiu (P>0.05) da dieta controle com alta proteína, para altura das vilosidades e profundidade de cripta, no duodeno, ilustrando então efeito benéfico do uso de nucleotídeos em dietas com baixa proteína bruta.


#7 - Standardization of manual technique for obtaining platelet-rich plasma in cattle, 34(Supl.):1-6

Abstract in English:

ABSTRACT.- Marques A.P.L., Botteon R.C.C.M., Cordeiro M.D., Machado C.H., Botteon P.T.L., Barros J.P.N. & Spíndola B.F. 2014. [Standardization of manual technique for obtaining platelet-rich plasma in cattle.] Padronização de técnica manual para obtenção de plasma rico em plaquetas de bovino. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(Supl.):1-6. Departamento de Medicina e Cirurgia Veterinária, Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ 23890-000, Brazil. E-mail: marquesapl@ufrrj.br For standardization of manual technique to obtain autologous platelet-rich plasma (PRP) in cattle with reduced cost (manual method) and good quality (ability to concentrate platelets, high level of growth factors and reduced contamination with leukocytes and erythrocytes), that may be used as a modulating agent of the immune response of cows chronically infected with various diseases, 450ml of whole blood from nine clinically and hematologically healthy cattle were collected in CPDA-1 bags and processed within four hours after collection. The blood was divided in aliquots to evaluate 8 protocols (P) of double centrifugation which varied as the speed and time of centrifugation. Platelet, erythrocytes and leukocytes counts in PRP were performed by manual method in a Neubauer chamber. The highest concentration of platelets was obtained in P5 (400g and 800g both for 10 min), followed by (p>0.05) P3 (120g e 473g ambos durante 10 min), P4 (300g e 640g durante 10 min cada), P6 (640g durante 10 min e 640g durante 5 min), P8 (640g durante 5 min e 120g durante 10 min) and P7 (720g and 720g both for 5 min) and different (p <0.05) than the protocols that had lower rates at P1 (120g to 240g, both for 5 minutes) and P2 (both 120g and 473g for 5 min). As for erythrocytes, P8, P7, P6, P5, P4 showed lower concentrations with higher values (p <0.05) observed in P3 and P2. Lesser values of leukocytes were found in P5, P6, P7 and P8 with the biggest value (p <0.05) obtained in P2. All protocols (P1 to P8) were efficient to concentrate platelets and the lowest value (3.65±0.79) was found in P1. Regarding TGF-&#946;1, the P1 and P8 protocols demonstrated the highest values. According to results, P5 and P8 protocols showed the best results for production of PRP in bovine.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Marques A.P.L., Botteon R.C.C.M., Cordeiro M.D., Machado C.H., Botteon P.T.L., Barros J.P.N. & Spíndola B.F. 2014. [Standardization of manual technique for obtaining platelet-rich plasma in cattle.] Padronização de técnica manual para obtenção de plasma rico em plaquetas de bovino. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(Supl.):1-6. Departamento de Medicina e Cirurgia Veterinária, Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ 23890-000, Brazil. E-mail: marquesapl@ufrrj.br Para padronização de uma técnica manual para a obtenção de plasma rico em plaquetas (PRP) autólogo em bovinos com custo reduzido (método manual) e de boa qualidade (capacidade de concentrar plaquetas, alta concentração de fatores de crescimento e contaminação reduzida com leucócitos e eritrócitos), que poderá ser utilizado como um agente modulador da resposta imune de vacas com diferentes enfermidades, 450 ml de sangue total de nove vacas clinicamente saudáveis e com perfil hematológico normal foi coletado em bolsas de sangue CPDA-1 e processado dentro de quatro horas após a coleta. O sangue foi separado em alíquotas para avaliar 8 protocolos (P) de centrifugação dupla que variaram quanto a velocidade e o tempo de centrifugação. A contagem de plaquetas, eritrócitos e leucócitos na suspensão obtida (PRP) foi realizada pelo método manual em câmara de Neubauer: P5 (400g e 800g ambos durante 10 min) foi o protocolo com maior número de plaquetas, seguido por P3 (120g e 473g ambos durante 10 min), P4 (300g e 640g durante 10 min cada), P6 (640g durante 10 min e 640g durante 5 min), P8 (640g durante 5 min e 120g durante 10 min) e P7 (720g e 720g durante 5 min) e diferentes (p<0,05) dos menores valores encontrados em P1 (120g e 240g, ambos por 5 minutos) e P2 (120g e 473g ambos por 5 min). Em relação aos eritrócitos, P8, P7, P6, P5 e P4 apresentaram menores concentrações e maiores valores (p<0,05) foram observados em P3 e P2. Menores quantidades de leucócitos foram observadas em P5 , P6, P8 e P7 com o maior valor obtido em P2 (p<0,05). Todos os protocolos (P1 a P8) foram eficientes em concentrar plaquetas sendo o valor mais baixo (3,65±0,79) observado em P1. Em relação aos fatores de crescimento ao se mensurar TGF- 1, os protocolos P1 e P8 evidenciaram valores mais elevados. De acordo com os resultados obtidos os protocolos P5 e P8 apresentaram os melhores resultados para confecção de PRP bovino.


#8 - Influence of Insulin-like Growth Factor I (IGF-I) on the survival and the in vitro development of caprine preantral follicles, 34(10):1037-1044

Abstract in English:

ABSTRACT.- Costa S.L., Costa E.P., Pereira E.C.M., Benjamin L.A., Rodrigues M.T., Mendes V.R.A. & Silva T.F. 2014. Influence of Insulin-like Growth Factor I (IGF-I) on the survival and the in vitro development of caprine preantral follicles. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(10):1037-1044. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas e da Saúde, Laboratório de Maturação de Ovócitos e Fertilização In Vitro, Universidade Federal de Viçosa, Avenida Peter Henry Rolfs s/n, Campus Universitário, Viçosa, MG 36570-900, Brazil. E-mail: sanelylc@hotmail.com The aim of this study was to investigate the effects of the insulin-like growth factor -I (IGF-I) on survival, activation (transition from primordial to primary follicles) and growth of caprine preantral follicles cultured in vitro. Fragments of ovarian cortex were cultured for one and seven days in the absence or presence of IGF-I (0, 50 and 100ng/ml). The non-cultured and cultured tissues were processed and analyzed by histology and transmission electron microscopy. The culture for one day in a medium with 100ng/ml of IGF-I showed 86.7% of morphologically normal follicles. These results were similar (P>0.05) to the percentage of normal follicles found in the control (96.7%). It was also found that this medium increased the percentage of follicular activation (developing follicles) with one day of culture. The oocyte and follicular diameters remained similar to the control by culturing for one day in a medium containing 100ng/ml of IGF-I. The ultrastructural analysis did not confirm the integrity of the follicular fragments in a medium containing IGF-I (100ng/ml) after one and seven days of culture. In conclusion, this study demonstrated that the addition of 100 ng/ml of IGF-I in the culture medium enables the development of preantral follicles of goats with one day of culture. However, it is not sufficient to maintain the follicular integrity and the follicular survival rate after seven days of culture.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Costa S.L., Costa E.P., Pereira E.C.M., Benjamin L.A., Rodrigues M.T., Mendes V.R.A. & Silva T.F. 2014. Influence of Insulin-like Growth Factor I (IGF-I) on the survival and the in vitro development of caprine preantral follicles. [Influência do Fator de Crescimento Semelhante à Insulina-I (IGF-I) sobre a sobrevivência e o desenvolvimento in vitro de folículos pré-antrais caprinos.] Pesquisa Veterinária Brasileira 34(10):1037-1044. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas e da Saúde, Laboratório de Maturação de Ovócitos e Fertilização In Vitro, Universidade Federal de Viçosa, Avenida Peter Henry Rolfs s/n, Campus Universitário, Viçosa, MG 36570-900, Brazil. E-mail: sanelylc@hotmail.com O objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos do fator de crescimento semelhante a insulina-I (IGF-I) na sobrevivência, ativação (transição de folículos primordiais para primários) e crescimento de folículos pré-antrais caprinos cultivados in vitro. Fragmentos de córtex ovariano foram cultivados por um e sete dias na ausência ou presença de IGF-I (0, 50 e 100ng/mL). Os tecidos não cultivados e cultivados foram processados e analisados por histologia e microscopia eletrônica de transmissão. O cultivo por um dia em meio com 100ng/mL de IGF-I apresentou 86,7% de folículos morfologicamente normais. Estes resultados foram semelhantes (P>0,05) ao percentual de folículos normais encontrados no controle (96,7%). Verificou-se ainda que este meio aumentou o percentual de ativação folicular (folículos em desenvolvimento) com um dia de cultivo. Os diâmetros ovocitário e folicular mantiveram-se semelhantes ao controle ao cultivar por um dia em meio contendo 100ng/mL de IGF-I. As análises ultraestruturais não confirmaram a integridade folicular dos fragmentos em meio contendo IGF-I (100 ng/mL) após um e sete dias de cultivo. Em conclusão, esse estudo demonstrou que a adição de 100 ng/mL de IGF-I no meio de cultivo ativa o desenvolvimento de folículos pré-antrais de caprinos com um dia de cultivo. Entretanto, não é suficiente para manter a integridade folicular e a taxa de sobrevivência folicular após sete dias de cultivo.


#9 - Quantification of growth factors in horse skin treated with platelet-rich plasma, 34(6):599-612

Abstract in English:

ABSTRACT.- Souza M.V., Pinto J.O., Costa M.M., Santos E.C., Garcia S.L.R. & Oliveira L.L. 2014. [Quantification of growth factors in horse skin treated with platelet-rich plasma.] Quantificação de fatores de crescimento na pele de equinos tratada com plasma rico em plaquetas. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(6):599-612. Departamento de Veterinária, Universidade Federal de Viçosa, Campus Universitário s/n, Viçosa, MG 36570-000, Brazil. E-mail: msouza@ufv.br Platelet-rich plasma (PRP) is a product derived from total blood centrifugation, rich in bioactive factors, such as growth factors. Despite largely used in healing processes, there is a controversy whether the therapy is effective in promoting skin healing. The objective of this study was to quantify and compare the concentrations of the factors TGF-&#946;1 and PDGF-BB in PRP, blood plasma and skin, at different phases of the healing process of skin treated or not with PRP. Seven healthy crossbred 16 to 17-year-old geldings (16.14±0.63) were used. Three quadrangular-shaped lesions (6.25cm2) were surgically induced into the right and left gluteal regions of all animals. Twelve hours after induction of the wounds, 0.5mL of the PRP was administered in each of the four edges of the wound in one of the gluteal regions (Treated group = TG) randomly chosen. The contralateral region was used as control (CG). The wounds were submitted to daily cleaning with Milli-Q water, and samples were obtained with a 6mm diameter biopsy Punch. Six skin biopsies were obtained, the first carried out immediately after the production of the wound (T0), and the others 1 (T1), 2 (T2), 7 (T3), and 14 (T4) days after the lesion was induced. The sixth biopsy (T5) was obtained after complete healing of the skin, which occurred at about day 37 (36.85±7.45, CG; 38.85±6.46, TG). EDTA blood samples were also obtained, at all the times mentioned. Quantification of TGF-&#946;1 and PDGF-BB growth factors on the skin, PRP, and blood plasma was carried out by the ELISA technique. Data were statistically analyzed by the t test, Pearson correlation and regression, at a significance level of 5%. No difference was found between the groups in the values of the two growth factors measured on the skin, at the different times. Also, no correlation was found between the amount of growth factors present in the skin and plasma. On the other hand, a positive correlation was observed between PRP and skin in the treated group, for the growth factors TGF-&#946;1 (r=0.31) and PDGF-BB (r=0.38), as well as between both growth factors present in PRP (r=0.81). Considering the growth factor concentrations at T0, the highest skin values (p<0.05) of TGF-&#946;1, in both groups, occurred at T3 and T5. Higher values (p<0.05) of PDGF-BB occurred at T4 (TG) and T5 (CG). No plasma changes occurred at the concentration of these factors in relation to T0, suggesting that PRP does not cause a systemic effect when the procedures adopted in this research are used. Local administration of PRP in the volume studied, 12 h after surgical induction of cutaneous wound gluteal equine does not cause higher concentrations of the growth factors TGF-&#946;1 and PDGF-BB in the plasma and skin during the healing process.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Souza M.V., Pinto J.O., Costa M.M., Santos E.C., Garcia S.L.R. & Oliveira L.L. 2014. [Quantification of growth factors in horse skin treated with platelet-rich plasma.] Quantificação de fatores de crescimento na pele de equinos tratada com plasma rico em plaquetas. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(6):599-612. Departamento de Veterinária, Universidade Federal de Viçosa, Campus Universitário s/n, Viçosa, MG 36570-000, Brazil. E-mail: msouza@ufv.br O plasma rico em plaquetas (PRP) é um produto derivado da centrifugação do sangue total, sendo rico em fatores bioativos, como os de crescimento. Apesar da ampla utilização em processos cicatriciais, há controvérsia sobre a eficácia da terapia na cicatrização cutânea. O objetivo desse estudo foi quantificar e comparar a concentração dos fatores TGF-&#946;1 e PDGF-BB no PRP, plasma sanguíneo e pele, durante diferentes fases do processo de cicatrização da pele tratada ou não com PRP. Foram utilizados sete equinos machos castrados, mestiços, hígidos, com idade entre 16 e 17 (16,14±0,63) anos. Três lesões em formato quadrangular (6,25cm2) foram produzidas cirurgicamente nas regiões glúteas direita e esquerda de todos os animais. Doze horas após indução das feridas, 0,5mL do PRP foi administrado em cada uma das quatro extremidades das feridas de uma das regiões glúteas (Grupo tratado = GT), escolhida aleatoriamente. A região contralateral foi utilizada como controle (GC). As feridas foram submetidas à limpeza diária com água Milli Q, e amostras foram obtidas mediante biópsias realizadas com Punch de 6mm. Foram obtidas seis biópsias de pele, sendo a primeira realizada logo após a produção da ferida (T0), e as demais com 1 (T1) 2 (T2) 7 (T3) e 14 (T4) dias após a indução da lesão. A sexta biópsia (T5) foi obtida após completo fechamento da pele, que ocorreu aproximadamente aos 37 dias (36,85±7,45, GC; 38,85±6,46, GT). Também foram obtidas amostras de sangue com EDTA em todos os tempos mencionados. A quantificação dos fatores de crescimento TGF-&#946;1 e PDGF-BB na pele, PRP e plasma sanguíneo foi realizada pela técnica ELISA. Os dados foram analisados estatisticamente pelo teste t, correlação de Pearson e regressão, utilizando nível de significância de 5%. Não houve diferença entre os grupos, nos valores dos dois fatores de crescimento mensurados na pele, nos diferentes tempos. Também não houve correlação entre a quantidade dos fatores de crescimento presentes na pele e no plasma. Por outro lado, correlação positiva foi observada entre PRP e pele no grupo tratado, para os fatores de crescimento TGF-&#946;1 (r=0,31) e PDGF-BB (r=0,38), bem como entre ambos os fatores de crescimento presentes no PRP (r=0,81). Considerando as concentrações dos fatores de crescimento no T0, os maiores valores cutâneos (p<0,05) do TGF-&#946;1, em ambos os grupos, ocorreram nos tempos T3 e T5. Valores mais elevados (p<0,05) do PDGF-BB ocorreram no T4 (GT) e T5 (GC). No plasma não houve alteração nas concentrações desses fatores em relação ao T0, o que sugere que o PRP não acarreta efeito sistêmico, quando os procedimentos adotados na presente pesquisa são utilizados. A administração local de PRP no volume estudado, 12 h após indução cirúrgica de ferida cutânea na região glútea de equinos não ocasiona maiores concentrações dos fatores de crescimento TGF-&#946;1 e PDGF-BB no plasma sanguíneo e pele, durante o processo de cicatrização.


#10 - Porcine follicular fluid concentration of free insulin-like growth factor-I collected from different diameter ovarian follicles, 33(10):1269-1274

Abstract in English:

ABSTRACT.- Oberlender G., Murgas L.D.S., Zangeronimo M.G., Pontelo T.P., Menezes T.A. & Silva A.C. 2013. Porcine follicular fluid concentration of free insulin-like growth factor-I collected from different diameter ovarian follicles. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(10):1269-1274. Setor de Fisiologia e Farmacologia Veterinárias, Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Lavras, Campus Universitário s/n, Cx. Postal 3037, Lavras, MG 37200-000, Brazil. E-mail: guilherme.oberlender@uffs.edu.br The study aimed to quantify the concentrations of free IGF-I in serum and fluid of ovarian follicles in pre-pubertal gilts and describe the ovarian morphology by measuring the size of the ovaries and counting the number of surface follicles. Ovaries (n=1,000) from pre-pubertal gilts were obtained immediately after slaughter. A total of 10 samplings were performed, with ovaries obtained from 50 females for each collection. The follicles situated on the surface of each ovary were classified as small (SFs, 2 to 5mm in diameter) or large (LFs 6 to 10mm in diameter) and the follicular fluid was obtained by follicle aspiration. The collection of serum samples was performed after the gilts exsanguination using sterile tubes. From the pool of serum and follicular fluid obtained from 50 females, the concentration of free IGF-I was determined in each sample using an enzyme immunoassay kit (ELISA). The description of ovarian morphometry was performed in 100 ovaries from randomly selected gilts. The larger and smaller lengths of ovaries were measured, and the total number of SFs and LFs present on the surface of each ovary were also counted. The IGF-I concentration was greater (P<0.05) in LFs (170.92±88.29 ng/mL) compared with SFs (67.39±49.90ng/mL) and serum (73.48±34.63ng/mL). The largest and smallest length of the ovaries was 26.0±3.0 and 19.0mm ±2.0mm, respectively. The number of SFs (70.86±25.76) was greater (P<0.01) than LFs (6.54±5.26). The study concluded that LFs present greater levels of IGF-I when compared with SFs and blood, which is related to increased activity of the LFs and its differentiation to ovulation. In addition, ovaries of pre-pubertal gilts have a higher number of SFs compared to LFs. Therefore, our study demonstrated unique data regarding the physiological concentration of free IGF-I in ovarian follicles, that can be used in future research to evaluate the addition of this hormone in the in vitro production media of porcine embryos with the goal to improve the technique efficiency.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Oberlender G., Murgas L.D.S., Zangeronimo M.G., Pontelo T.P., Menezes T.A. & Silva A.C. 2013. Porcine follicular fluid concentration of free insulin-like growth factor-I collected from different diameter ovarian follicles. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(10):1269-1274. Setor de Fisiologia e Farmacologia Veterinárias, Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Lavras, Campus Universitário s/n, Cx. Postal 3037, Lavras, MG 37200-000, Brazil. E-mail: guilherme.oberlender@uffs.edu.br Objetivou-se quantificar as concentrações do IGF-I livre no soro e no fluido de folículos ovarianos de fêmeas suínas pré-púberes e descrever a morfologia ovariana, por meio da mensuração das dimensões dos ovários e da contagem do número de folículos superficiais. Ovários (n=1.000) foram obtidos de fêmeas pré-púberes imediatamente após o abate. Foi realizado um total de 10 coletas, sendo em cada, obtidos ovários de 50 fêmeas. Os folículos localizados na superfície de cada ovário foram classificados em pequenos (FPs, 2-5mm de diâmetro) ou grandes (FGs, 6-10mm de diâmetro) e o fluido folicular foi obtido por aspiração dos folículos. A coleta do soro foi realizada após a exsanguinação das fêmeas com o uso de tubos estéreis. A partir do pool de fluido folicular e do soro obtido das 50 fêmeas, determinou-se a concentração de IGF-I livre em cada amostra por meio de kit de ensaio imunoenzimático (ELISA). A descrição da morfometria ovariana foi realizada em 100 ovários provenientes de fêmeas escolhidas aleatoriamente. Foi mensurado o comprimento maior e menor dos ovários e, também, contabilizado o número total de FPs e FGs presentes na superfície de cada ovário. A concentração de IGF-I foi superior (P<0,05) nos FGs (170,92±88,29ng/mL) em comparação com os FPs (67,39±49,90ng/mL) e o sérico (73,48±34,63ng/mL). O comprimento maior e menor dos ovários foi de 26,0±3,0mm e 19,0±2,0 mm, respectivamente. O número de FPs (70,86±25,76) foi maior (P<0,01) em comparação com os FGs (6,54±5,26). Conclui-se que FGs apresentam níveis de IGF-I superiores aos FPs, e ao sangue, sendo isso relacionado a maior atividade dos FGs e à diferenciação que os mesmos sofrem para a ovulação. Além disso, ovários de fêmeas suínas pré-púberes apresentam elevado número de FPs em comparação aos FGs. Portanto, nosso estudo demonstrou dados originais a respeito da concentração fisiológica de IGF-I livre em folículos ovarianos, que podem ser utilizados em futuras pesquisas para avaliar a adição desse hormônio nos meios de produção in vitro de embriões suínos com o objetivo de melhorar a eficiência da técnica.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV